Emprestado pela Red Bull à Renault, Sainz admite “situação um pouco estranha”: “Isso é mais uma coisa de futebol”

Carlos Sainz admitiu que se sente em uma “situação um pouco estanha” por estar emprestado à Renault pela Red Bull. Espanhol lembrou que a situação é mais comum entre jogadores de futebol

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Carlos Sainz afirmou que vive “uma situação um pouco estranha” na F1. O espanhol foi emprestado à Renault pela Red Bull já na reta final da temporada passada.
 
O companheiro de Nico Hülkenberg lembrou que esta não é uma situação muito comum no automobilismo, sendo mais frequente, por exemplo, em times de futebol.
Carlos Sainz disse viver situação estranha na F1 (Foto: Renault)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Não ouvi falar de muitos pilotos que estão emprestados. Isso é mais uma coisa de futebol”, disse Sainz em entrevista à publicação britânica ‘Autosport’. “É uma situação um pouco estranha. No momento, sou um caso especial. É por isso que não posso deixar isso me subir à cabeça”, ponderou.
 
“Só preciso fazer o que estava fazendo na Toro Rosso, ter uma boa corrida cada vez que vou para a pista e aí as coisas se encaixam por si só. Como aconteceu na Toro Rosso”, comentou. “Quem poderia me dizer quando eu estava na Toro Rosso que neste ano eu estaria na Renault? Ninguém. É uma situação muito especial”, sublinhou.
 
Pelo acordo, a Red Bull tem a opção de ‘recuperar’ Sainz caso decida promover o espanhol de 23 anos ao time titular. O filho de Carlos Sainz é cotado para a vaga de Daniel Ricciardo caso o australiano decida deixar a equipe.
 
No entanto, caso Ricciardo opte por renovar seu contrato, Sainz fica livre para fazer suas próprias escolhas.
 
“Estou tentando me impressionar. Quer dizer, eu estou realmente ansioso para ter uma temporada complete com o time”, afirmou. “Vou manter isso aberto, seguir atuando da maneira como tenho feito. As coisas vão se resolver por si só. Normalmente, se você tem uma boa performance, as coisas acontecem”, concluiu.
"RIDÍCULO E LEVIANO"

AJUDA DELIBERADA DA HAAS À FERRARI? NÃO FAZ SENTIDO ALGUM

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube