F1

Engenheiro de Vettel confirma trabalho com Leclerc em 2019 na Ferrari: “Para tornar a vida dele mais fácil”

Nos últimos anos, Jock Clear foi o engenheiro responsável por trabalhar ao lado de Sebastian Vettel na Ferrari. Mas a escuderia vai promover uma mudança com a vinda de Charles Leclerc em 2019. No ano que vem, o britânico vai atuar diretamente com o jovem piloto monegasco
Warm Up, de São Paulo / FERNANDO SILVA, de Interlagos
 Charles Leclerc (Foto: AFP)

A chegada de Charles Leclerc como piloto titular da Ferrari a partir de 2019 vai promover uma série de mudanças internas. Uma delas diz respeito sobre os engenheiros de cada um dos pilotos da Ferrari no ano que vem. Desde que chegou à escuderia de Maranello, em 2015, Jock Clear trabalhou lado a lado com Sebastian Vettel. Mas o engenheiro britânico, hoje com 55 anos, vai mudar de lado nos boxes para trabalhar diretamente com Leclerc no ano que vem.
 
Clear é dono de larga experiência na F1, esporte onde atua desde 1989, quando era chefe de design da Benetton. Desde então, trabalhou ao lado de nomes consagrados como Jacques Villeneuve — no seu ano de estreia na Williams em 1996 —; Rubens Barrichello, tanto na Honda como também na Brawn; Michael Schumacher, Nico Rosberg e Lewis Hamilton, nos tempos em que esteve na Mercedes — entre 2010 e 2014 —; além da experiência mais recente com Vettel.
 
Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (9) de treinos livres do GP do Brasil, em Interlagos, Clear se mostrou pronto e feliz pela chance de trabalhar com Leclerc.
Jock Clear vai trocar Sebastian Vettel por Charles Leclerc em 2019 (Foto: Divulgação)
“Acho que não é segredo que, com uma mudança na dupla de pilotos, nós, enquanto equipe, temos de nos ajustar, então eu sou parte da equipe. Recentemente, assinei um longo compromisso com a equipe e vou usar meu conhecimento onde nós sentirmos que é o melhor”, disse.
 
“Tenho muita experiência com jovens pilotos e muita experiência também com pilotos mais experiências, então, com Charles a caminho, vou ajudá-lo de todas as formas que posso para tornar sua vida mais fácil, facilitar um pouco da pressão e garantir que nós vamos extrair o melhor de Charles e o melhor da equipe como um todo nos próximos anos”, salientou.
 
O britânico lembrou que o trabalho com Leclerc vai ser um pouco diferente do que exerce atualmente com Vettel, atuando de forma mais próxima ao monegasco para ajudá-lo a encurtar os caminhos para evoluir enquanto piloto da Ferrari.
 
“Isso ainda não está completamente finalizado no momento, mas por enquanto, sim. Eu certamente vou ter uma forte influência no seu lado na garagem e qualquer que seja o rótulo do trabalho — nós vamos decidir a respeito —, mas certamente vou dedicar uma atenção mais próxima a ele do que talvez teria com os que temos no momento, seja Kimi ou Seb”, concluiu.

O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do Brasil de F1 com os repórteres Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Gabriel Curty, Juliana Tesser, Nathalia De Vivo e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe tudo aqui.