Ex-companheiro, Pérez lamenta situação de Hülkenberg: “Talento não conta”

Um piloto talentoso, mas que acabou vítima do estado atual da Fórmula 1. Foi assim que Sergio Pérez definiu Nico Hülkenberg, demitido pela Renault e em vias de ficar sem vaga em 2020. O mexicano foi companheiro do alemão por três anos

Após dividir garagem por três anos, Sergio Pérez conhece Nico Hülkenberg como poucos. O mexicano agora acompanha de forma triste a incerteza a respeito do ex-companheiro, próximo de deixar o grid da Fórmula 1 após perder vaga na Renault. Aos olhos de Pérez, trata-se de uma amostra de como a categoria segue incapaz de valorizar o que realmente conta – talento e resultados.
 
“Seria uma grande pena [ver Hülkenberg fora do grid], porque mostra a situação difícil da F1”, disse Pérez, entrevistado pelo site alemão ‘Motorsport-Total’. “No fim das contas, talento e resultados não contam tanto. São tantos fatores diferentes, políticos e tantos outros, que um atleta não têm sob controle. Deveria ser uma escolha dele [Hülkenberg] se ele gostaria de continuar ou não”, seguiu.
Sergio Pérez e Nico Hülkenberg foram companheiros na Force India (Foto: Force India)

Hülkenberg está na F1 desde 2010, começando uma jornada através de equipes medianas. O alemão teve boas performances e sempre incomodou companheiros de equipe, mas ficou marcado por um recorde negativo – o de piloto com mais GPs sem nunca ir ao pódio.

 
Isso, entretanto, não muda a opinião de Pérez sobre o ex-companheiro de Force India. “Nós todos conhecemos o nível do Nico. Ele é um dos melhores do grid atual”, destacou.
 
Na Renault, Hülkenberg foi substituído por Esteban Ocon. O alemão chegou a ser cotado na Haas, mas viu portas fecharem após a renovação de Romain Grosjean. Com apenas duas vagas realmente abertas na F1 para 2020 – Alfa Romeo e Williams –, o futuro de Nico fica por um triz.
 

Paddockast #38
CORRIDAS POLÊMICAS DA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube