F1 cogita nova mudança com segunda corrida na Áustria para substituir GP da Turquia

Com o objetivo de assegurar as 23 corridas no calendário de 2021, a Fórmula 1 considera ter novamente o GP da Estíria, uma segunda corrida em solo austríaco, como aconteceu no ano passado. A prova no Red Bull Ring substituiria o GP da Turquia e levaria a uma nova mudança no cronograma, proporcionando uma rodada tripla entre junho e o começo de julho

Hamilton pega Verstappen na tática e vence: assista aos melhores momentos do GP da Espanha (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

A iminência do cancelamento do GP da Turquia tende a proporcionar uma segunda corrida na Áustria, com a volta do GP da Estíria, e uma inesperada rodada tripla neste primeiro semestre. Segundo o diário austríaco Österreich, a Fórmula 1 está prestes a anunciar, ainda nesta quinta-feira (13), uma nova mudança no calendário com o objetivo de assegurar o cronograma original, com 23 GPs em 2021.

Desde semana passada, a imprensa turca vem dando conta do cancelamento do GP local, que voltou ao calendário como alternativa à não-realização do GP do Canadá e ocupou a data então reservada para a prova em Montreal, de 11 a 13 de junho.

GP da Estíria está prestes a voltar ao calendário da temporada 2021 da Fórmula 1 (Foto: AFP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Entretanto, a Turquia entrou na lista vermelha do governo britânico, que não recomenda viagens ao país em razão do avanço da pandemia — em caso de viagem, todo cidadão tem de fazer dez dias de quarentena quando regressar ao Reino Unido. Tanto que a mudança do local final da Liga dos Campeões, marcada para 29 de maio para Istambul e que envolve dois times britânicos, Manchester City e Chelsea, vem sendo discutida pela Uefa.

No caso da Fórmula 1, além de toda a sua estrutura técnica ser baseada na Inglaterra, apenas Ferrari, Alfa Romeo e AlphaTauri têm suas bases localizadas fora do Reino Unido. Com as recomendações do governo britânico de não viajar para a Turquia, a Fórmula 1 buscou outra alternativa para manter o calendário com 23 corridas. Resta apenas a oficialização.

De acordo com a publicação austríaca, a volta do GP da Estíria ao calendário vai provocar mudança nas datas previstas para o GP da França e a consequente realização de uma rodada tripla, com três corridas em finais de semana consecutivos.

O GP da França, originalmente previsto para os dias 25 a 27 de junho, será adiantado em uma semana, passando para 18 a 20 do sexto mês. Uma semana depois, a data será ocupada pelo GP da Estíria, no Red Bull Ring, enquanto o GP da Áustria mantém sua programação no calendário, entre 2 e 4 de julho. Depois, acontecem mais duas corridas, o GP da Inglaterra, entre 16 e 18 de julho, e o GP da Hungria, entre 30 de julho e 2 de agosto, antes da pausa para as férias no verão europeu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar