F1 confirma GP da Estíria no lugar da Turquia e promove rodada tripla entre junho e julho

A Fórmula 1 oficializou outra mudança no calendário para conseguir o objetivo de ter 23 eventos no seu cronograma em 2021. O GP da Estíria, segunda corrida na Áustria, volta para ocupar o lugar do GP da Turquia. O Mundial teve de realizar mudanças nas datas, o que vai proporcionar três corridas em finais de semana seguidos entre junho e o início de julho

Hamilton pega Verstappen na tática e vence: assista aos melhores momentos do GP da Espanha (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Pouco mais de duas semanas depois de ter anunciado o GP da Turquia como substituto do GP do Canadá, cancelado ainda em razão das restrições da pandemia no país norte-americano, a Fórmula 1 promoveu uma nova mudança no seu calendário para a temporada 2021 nesta sexta-feira (14). A corrida marcada para Istambul entre 11 e 13 de junho está agora cancelada e vai ser ocupada pelo GP da Estíria, que volta ao cronograma do Mundial como um segundo evento na Áustria – repetindo a solução do ano passado.

Mas, para que a mudança fosse possível, a F1 precisou promover alterações nas suas datas de forma a alocar as duas corridas no Red Bull Ring em sequência. Desta forma, o GP da França, então previsto para os dias 25 e 27 de junho, foi antecipado em uma semana, justamente para inserir o GP da Estíria nesta data. Já o GP da Áustria mantém sua programação original, sendo realizado entre 2 e 4 de julho.

Desde semana passada, a imprensa turca vem dando conta do cancelamento do GP local, que voltou ao calendário como alternativa à não-realização do GP do Canadá e ocupou a data então reservada para a prova em Montreal, de 11 a 13 de junho.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A Fórmula 1 vai voltar a promover uma rodada dupla na Áustria em 2021 (Foto: AFP)

Entretanto, a Turquia entrou na lista vermelha do governo britânico, que não recomenda viagens ao país em razão do avanço da pandemia — em caso de viagem, todo cidadão tem de fazer dez dias de quarentena quando regressar ao Reino Unido.

“Após o anúncio de novas restrições de viagem impostas por vários países nos quais as equipes de F1 estão baseadas, o que interfere na ia à Turquia, a Fórmula 1 faz hoje uma atualização sobre as implicações para o calendário de 2021. Após discussões com o promotor na Turquia e as partes interessadas relevantes, não será possível realizar a corrida em Istambul entre 11 e 13 de junho. O promotor solicitou que olhássemos para a oportunidade potencial para a corrida ser remarcada mais tarde na temporada, se possível, ao lado da China, que fez o mesmo pedido no início deste ano. Podemos confirmar que agora haverá duas corridas na Áustria, consecutivas, com a primeira corrida, o GP da Estíria, ocorrendo entre 25 e 27 de junho e o GP da Áustria ocorrendo em sua data original de 2 a 4 de julho”, disse a nota enviada pela F1.

“Como resultado desta mudança, o GP da França será antecipado para os dias 18 a 20 de junho, com todos os ingressos para o evento válidos para a data anterior. Isso significa que ainda há 23 corridas planejadas para a temporada de 2021. Agradecemos ao promotor turco pelo apoio nos últimos dias e pelo reconhecimento de que a atual situação das viagens tornou a corrida de junho impossível. Estamos igualmente gratos à região de Provença-Alpes-Côte d’Azur e ao promotor do GP da França por sua flexibilidade, e ao promotor austríaco por seu entusiasmo em sediar uma segunda corrida em curto prazo após o enorme sucesso das duas corridas na Áustria em 2020”, completou o comunicado.

“A situação atual da Covid-19 segue e continuamos monitorando a situação com os promotores e equipes, mas a Fórmula 1 mais uma vez mostrou que é capaz de lidar com esses desafios e se adaptar rapidamente para reduzir o impacto na temporada. Também estamos muito satisfeitos por começarmos a ver os fãs retornando às nossas corridas com até 40% da capacidade em Mônaco no próximo fim de semana”, finalizou a categoria.

Outro grande evento previamente marcado para a Turquia também teve alteração. A mudança do local final da Liga dos Campeões, originalmente marcada para 29 de maio, em Istambul, e que envolve dois times britânicos, Manchester City e Chelsea, foi oficializada nesta quinta-feira, com a partida decisiva transferida para o Estádio do Dragão, na cidade do Porto, em Portugal, com a data mantida. Istambul, em razão da pandemia, fica sem a final da Liga dos Campeões pelo segundo ano consecutivo.

No caso da Fórmula 1, além de toda a sua estrutura técnica ser baseada na Inglaterra, apenas Ferrari, Alfa Romeo e AlphaTauri têm suas bases localizadas fora do Reino Unido. Com as recomendações do governo britânico de não viajar para a Turquia, a Fórmula 1 encontrou outra alternativa para manter o calendário com 23 corridas.

GP da Turquia sai do calendário de 2021 poucos dias depois de entrar (Foto: Beto Issa)

Com as mudanças determinadas pela Fórmula 1, o calendário, entre junho e julho, vai contar com sete GPs em cinco finais de semana. Após a rodada tripla com as corridas na França, Estíria e Áustria, há uma breve pausa no calendário. Depois, acontecem mais duas corridas, o GP da Inglaterra, entre 16 e 18 de julho, e o GP da Hungria, entre 30 de julho e 2 de agosto, antes da pausa para as férias no verão europeu.

Depois das férias, a F1 tem na sua programação outras três rodadas triplas: GP da Bélgica, entre 27 e 29 de agosto; GP da Holanda, entre 3 e 5 de setembro; e GP da Itália, entre 10 e 12 de setembro. A segunda rodada dupla começa com o GP da Rússia, entre 24 e 26 de setembro; GP de Singapura, entre 1º e 3 de outubro, e o GP do Japão, no fim de semana seguinte.

A programação ainda compreende o GP dos Estados Unidos, entre 22 e 24 de outubro; GP da Cidade do México, entre 29 e 31 do décimo mês, e o GP de São Paulo, entre 5 e 7 de novembro. O calendário será completado com o GP da Austrália, entre 19 e 21 de novembro, o GP da Arábia Saudita, entre 3 e 5 de dezembro, e completa com o GP de Abu Dhabi, em Yas Marina, uma semana depois.

Confira como fica o calendário atualizado da Fórmula 1 2021:

28/3BAHREINSAKHIR
18/4GP DA EMÍLIA-ROMANHAÍMOLA
2/5GP DE PORTUGALPORTIMÃO
9/5GP DA ESPANHABARCELONA
23/5GP DE MÔNACOMONTE-CARLO
6/6GP DO AZERBAIJÃOBAKU
20/6GP DA FRANÇAPAUL RICARD
27/6GP DA ESTÍRIARED BULL RING
4/7GP DA ÁUSTRIARED BULL RING
18/7GP DA INGLATERRASILVERSTONE
1/8GP DA HUNGRIAHUNGARORING
29/8GP DA BÉLGICASPA-FRANCORCHAMPS
5/9GP DA HOLANDAZANDVOORT
12/9GP DA ITÁLIAMONZA
26/9GP DA RÚSSIASÓCHI
3/10GP DE SINGAPURAMARINA BAY
10/10GP DO JAPÃOSUZUKA
24/10GP DOS ESTADOS UNIDOSCIRCUITO DAS AMÉRICAS
31/10GP DO MÉXICOHERMANOS-RODRÍGUEZ
7/11GP DO BRASILINTERLAGOS
21/11GP DA AUSTRÁLIAMELBOURNE
5/12GP DA ARÁBIA SAUDITAJEDÁ
12/12GP DE ABU DHABIYAS MARINA

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar