F1 testa transmissão em Ultra HD durante GP de Cingapura e planeja adotar tecnologia a partir de 2017

Em parceria com a Tata Communications e a emissora britânica Sky, a F1 realizou testes de transmissão de uma corrida em ultra alta-definição (UHD) pela primeira vez durante o GP de Cingapura. A ideia é que a tecnologia seja adotada de vez na próxima temporada do Mundial

A F1, definitivamente, começa a viver uma nova era. Além do novo regulamento técnico, que será adotado em 2017, a categoria, que passou a ter novo proprietário com a aquisição pela Liberty Media, deve contar com uma nova tecnologia de transmissão digital a partir do ano que vem. No último domingo (18), em Cingapura, a Tata Communications se uniu à emissora britânica Sky e realizou testes de transmissão televisiva em Ultra Alta-Definição (UHD). 
 
A ideia é que a F1 seja transmitida, ao menos para a Sky, em UHD a partir da próxima temporada. Os testes foram conduzidos da seguinte forma: a emissora usou várias câmeras UHD durante a corrida em Cingapura e mesclou o material captado com o sinal da FOM (Formula One Management), responsável pela geração das imagens das provas do Mundial, antes de fazer o envio para a base britânica da Sky.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

O GP de Cingapura foi o primeiro com testes em transmissão em Ultra HD (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
É o começo de uma nova era tecnológica na F1. “A Ultra Alta-Definição oferece uma resolução quatro vezes maior que a de alta-definição, fazendo com que a F1 seja mais potente, permitindo aos fãs submergirem nela como nunca haviam feito antes”, comentou o diretor de operações da Sky, Keith Lane.
 
Os trabalhos em Marina Bay foram considerados bem-sucedidos pela emissora britânica. “O sucesso deste teste de Cingapura mostra que estamos no caminho para transmitir cada corrida desta forma na próxima temporada, e vamos seguir dando aos nossos clientes uma experiência de F1 cheia de ação”, disse o diretor da Sky.
 
Na visão de Mehul Kapadia, diretor de negócios da Tata Communicatios, a adoção da tecnologia de UHD vai abrir as portas para outras tecnologias ainda mais avançadas para a F1. “Outras tecnologias, como a Realidade Virtual, vão contar também com este tipo de conexão”, declarou.
 
“À medida em que a velocidade vertiginosa da inovação tecnológica continua, vamos trabalhar com a FOM para permitir que os fãs possam experimentar o mundo da F1 de novas formas”, complementou Kapadia.
PADDOCK GP #47 DISCUTE F1, FINAL DA INDY E FALA SOBRE ALEX ZANARDI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube