Drugovich revela procura por categoria para 2024, mas “disse muitos nãos” esperando F1

Em coletiva de imprensa acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO nesta quinta-feira (2), em Interlagos, Felipe Drugovich admitiu que dispensou oportunidades de correr em outras categorias no ano que vem à espera de uma vaga no grid da F1 2024. O foco agora, no entanto, é não procurar mais nenhuma equipe, pois vê "futuro na Aston Martin nos próximos anos"

O foco de Felipe Drugovich em conseguir uma vaga no grid da Fórmula 1 na temporada 2024 acabou deixando-o mais distante de voltar à ativa após um ano inteiro como reserva na Aston Martin. A afirmação foi feita pelo piloto em coletiva realizada com a imprensa nacional nesta quinta-feira (2), em Interlagos, minutos depois do anúncio de que seguiria como reserva do time britânico no ano que vem.

Nas palavras do campeão vigente da Fórmula 2, a espera o fez “dizer não para muitas oportunidades fora da F1”, ainda que não tenha entrado em detalhes de quais seriam essas categorias. Felipe realizou um teste de novatos muito bem-sucedido na Fórmula E com a Maserati, liderando a sessão em Berlim. Depois, no TL0 de Roma, também com novatos, Drugovich voltou a ser o mais rápido, aumentando as especulações de que a classe dos carros elétricos seria a alternativa para 2024.

O objetivo principal, no entanto, era manter viva a chance de enfim estrear na F1, mas as vagas eram mais remotas que as vistas no ano passado. De início, Alfa Romeo surgiu como opção, porém o time de Hinwil decidiu manter Guanyu Zhou por mais um ano. Como a AlphaTauri dificilmente pegaria alguém fora do grupo Red Bull, restou a Williams, que ainda não confirmou a renovação de Logan Sargeant.

Parecia a grande cartada de Drugovich: equipe em considerável ascensão, porém dependente dos resultados de um único piloto (Alex Albon). Sargeant ainda vinha numa sucessão de abandonos, aumentando as chances de ser preterido em 2024, porém Felipe afirmou que, no que diz respeito à F1, na próxima temporada, será apenas reserva.

Felipe Drugovich acredita que o caminho para a Fórmula 1 é mesmo a Aston Martin (Foto: Aston Martin)

“Ano que vem, na equipe [Aston Martin], parece que não vai ter nenhuma vaga, então o plano é eu ficar aqui como reserva. Esse é o plano”, ressaltou o jovem de 23 anos, em coletiva acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO. “Como todos sabem, estávamos falando com a Williams e com outras equipes, acredito que o time não me seguraria caso tivesse outra vaga, acho que nenhuma equipe da Fórmula 1 faria isso com um piloto que está na fila de espera”, acrescentou.

“O plano agora não é procurar outra equipe e realmente focar aqui, porque a gente vê que eu tenho um futuro por aqui nos próximos anos”, frisou Drugovich.

Hoje, a Aston Martin conta com o bicampeão Fernando Alonso e Lance Stroll, filho do proprietário do time, Lawrence Stroll — este, com um contrato que é uma incógnita quanto à duração. O espanhol de 42 anos, por sua vez, está garantido até o final do próximo ano.

Enquanto espera a definição na base em Silverstone, Drugovich confirmou que está “procurando alguma categoria para correr em paralelo ao programa [da Aston Martin]”, mas reconheceu que tem sido uma fase mais difícil:

“Por ter esperando tanto o que ia acontecer, acabei dizendo não para muitas oportunidades fora da F1”, concluiu.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL e cobre o GP de São Paulo de Fórmula 1 ‘in loco’ com Evelyn Guimarães, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty, João Pedro Nascimento, Luana Marino, Pedro Henrique Marum e Rodrigo Berton. Em SEGUNDA TELA, o GP acompanha a etapa com transmissões da classificação, da sprint e da corrida. Na sexta-feira, no sábado e no domingo, o BRIEFING repercute tudo que acontece na etapa brasileira.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.