Alonso bate tempo da pole de 2015 em Abu Dhabi com Renault R25: “Perfeito para mim”

Prestes a voltar ao grid da Fórmula 1 com a marca francesa, o asturiano teve a chance de guiar o carro de 2005 em Abu Dhabi e fez a melhor de suas voltas na casa de 1min39s

Fernando Alonso posso ter passado um tempo distante, mas não perdeu a mão da Fórmula 1. O asturiano aproveitou o encerramento da temporada 2020 para fazer uma demonstração em Abu Dhabi com o Renault R25, com que ganhou o título de 2005, e não fez feio em termo de performance.

Na última saída neste sábado (12), Alonso usou um composto macio e, de acordo com os dados da Renault, rodou na casa de 1min39s6, melhor que a pole de Lewis Hamilton em Abu Dhabi em 2015. Além disso, o registro foi menos de 2s mais lento do que o tempo de Nicholas Latifi neste ano.

Alonso com o R25 em Abu Dhabi (Foto: Renault)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Estamos no mesmo tempo dos carros [atuais] em condições de corrida, o que é incrível. Então, sabe, parece bem rápido. O som é fantástico e parece rápido”, observou Fernando. “No volante, você sente vibrações, sente tudo. É um carro muito leve, então você sente todos os movimentos. É uma sensação incrível. Ainda estou sorrindo. Estou de máscara, mas provavelmente vou continuar sorrindo até 2021”, assegurou.

A exibição, porém, chamou atenção não só por se tratar do bicampeão da F1, mas também pelo som do motor V10, tão marcante na história da categoria.

“Honestamente, é algo que faz falta”, disse Alonso. “Acho que não só os fãs, mas todos no paddock sentem falta do som. Sentimos falta da Fórmula 1 pela qual nos apaixonamos quando crianças e víamos pela TV”, seguiu.

“Então ver este carro, neste circuito, acho que é bem especial para todo mundo no paddock. Foi legar dar um oi para todo mundo. E não foi só para os mecânicos da Renault, todos estavam no pit-lane”, contou. “Acho que é uma atmosfera legal quando você vê esse tipo de tecnologia e esta era. De certa forma, isso une todos nós”, comentou.

Por fim, Alonso reconheceu que não conseguiria fazer a exibição sem tentar extrair tudo que o carro tinha a oferecer.

“Honestamente, não posso ir devagar com esse carro. Toda vez que estou nesse cockpit e estou nesse carro, com todas as memórias, é natural guiar rápido”, apontou. “Sentir a velocidade é incrível. Sei que é um carro velho, mas é a máquina perfeita para mim”, concluiu.

A bordo do Renault RS25, Alonso conquistou sete vitórias e um total de 15 pódios em 18 corridas em 2005, além de seis poles e duas voltas mais rápidas.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube