Alonso é punido em 10s na Arábia Saudita e perde 100º pódio da carreira na F1

Fernando Alonso chegou em terceiro, mas foi punido em mais 10s por irregularidades no momento em que pagou a sanção recebida pelo posicionamento irregular na largada do GP da Arábia Saudita

Atualizado às 19h16

E Fernando Alonso levou mais 10s de punição após o GP da Arábia Saudita, realizado neste domingo (19), em Jedá. O espanhol da Aston Martin, que cruzou a linha de chegada em terceiro, recebeu a sanção por irregularidades no momento em que foi pagar os 5s recebidos por ter alinhado o carro fora do colchete no grid.

Relacionadas


Como Alonso abriu apenas 5s1 para George Russell, ele perde o pódio e cai para o quarto lugar, à frente de Lewis Hamilton. Este, na verdade, seria o 100º da carreira do veterano piloto de 41 anos na Fórmula 1, mas a celebração vai ficar para outra ocasião.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Fernando Alonso perdeu o seu 100º pódio por um erro da Aston Martin (Foto: AFP)

Logo após a largada, os comissários anunciaram que o #14 estava sob investigação por conta de um possível posicionamento irregular do seu carro no grid. Depois, as imagens recuperadas mostraram que o AMR23 do bicampeão estava realmente fora do lugar.

Vieram os 5s, e Alonso pagou durante o seu pit-stop, feito no momento em que o safety-car entrou na pista. O trabalho ágil da Aston Martin fez o piloto voltar ainda em segundo, com chances de conquistar mais um pódio na temporada.

Só que o erro do time de Silverstone pôs tudo a perder: no momento em que o carro está parado, cumprindo os 5s, o mecânico de trás encosta o macaco traseiro no carro, o que é proibido. Na penúltima volta, Alonso ainda foi avisado de que teria de abrir mais de 5s para Russell para garantir o pódio, porém a nova punição renderia 10s a mais no tempo final.

Curiosamente, situação semelhante aconteceu com Esteban Ocon no Bahrein. O piloto da Alpine recebeu uma sanção por ter alinhado com pneu dianteiro direito fora do colchete que delimita a posição de partida, atitude que custou 5s. Quando foi ao boxes cumprir a punição, a Alpine aproveitou para mexer no bico do carro da A523. Acontece que, no relógio, foram apenas 4s6 pagos, e não o tempo determinado pelo regulamento. Essa irregularidade criou uma nova penalização para Ocon, de 10s.

Alonso recupera pódio

Logo após ser informada da punição de 10s a Alonso, a Aston Martin decidiu protestar e pediu revisão aos comissários. O chefe de equipe Mike Krack alegou que não houve qualquer vantagem na atitude dos mecânicos da equipe durante a punição de 5s paga na corrida pela irregularidade na largada. Portanto, não fazia sentido uma segunda sanção.

3h após o final do GP da Arábia Saudita, a FIA resolveu aceitar a apelação e devolver Alonso ao terceiro lugar. A corrida em Jedá marcou, portanto, o seu 100º pódio na Fórmula 1. Com Isso, George Russell voltou a ser o quarto colocado.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.