Chefe da Ferrari aprova disputas de pista entre Sainz e Leclerc: “Livres para lutar”

Com Charles Leclerc e Carlos Sainz muito próximos, o chefe da Ferrari afirmou que os dois estão liberados para lutar na pista nesta reta final de 2021

F1 NO CATAR: VERSTAPPEN SEM PUNIÇÃO, BOTTAS LÍDER DOS TREINOS | Briefing

Independente da disputa que trava com a McLaren pelo terceiro lugar do Mundial de Construtores, o chefe da Ferrari, Mattia Binotto, garantiu que Charles Leclerc e Carlos Sainz estão livres para batalhar por posições na pista, desde que mantenham o comprometimento de não prejudicarem um ao outro nas corridas. Na primeira temporada do espanhol no time de Maranello, os dois se encontram separados por apenas 8,5 na classificação do Mundial de Pilotos, naquela que pode ser considerada a dupla de equipe mais equilibrada da Fórmula 1 atual.

“É ótimo vê-los batalhando na pista”, disse Binotto ao portal britânico GPFans. “Foi um bom início nas primeiras curvas [em Interlagos]. Eles têm sido muito seguros em ter certeza de que não vão prejudicar um ao outro, o que é importante para mim e para a equipe”, explicou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

CHARLES LECLERC; CARLOS SAINZ; VÁCUO; SÓCHI;
A Ferrari liberou geral a disputa entre Leclerc e Sainz na reta final de 2021 (Foto: Reprodução)

LEIA TAMBÉM
+Em meio à guerra, Mercedes e Red Bull encaram falhas em dia inconclusivo no Catar

Como tem sido comum durante a temporada, os dois carros apresentaram rendimentos parecidos nas últimas corridas. No México, por exemplo, Leclerc chegou a deixar Sainz passar para que o espanhol pudesse tentar alcançar Pierre Gasly, que seguia logo à frente. O #55 não conseguiu pegar o francês e devolveu a posição ao monegasco, conforme havia sido combinado. No Brasil, os dois batalharam pela quinta posição no início, em batalha justa que Leclerc levou a melhor — Sainz terminou em sexto, logo atrás do parceiro.

“Os dois pilotos estão realmente se comportando bem, e do meu lado, para gerenciar isso, é muito mais fácil quando os pilotos entendem o espírito de equipe”, afirmou. “No momento, posso confirmar que esses dois entendem isso muito bem. Nossos pilotos estão completamente livres para lutar”, ressaltou.

Binotto não deixou de destacar que a prioridade é somar pontos para a Ferrari, que vai aproveitando o rendimento equilibrado de seus pilotos. A equipe de Maranello conseguiu tomar a terceira posição da McLaren no Mundial de Construtores, objetivo que parecia distante na primeira metade do campeonato. Agora, já são 31,5 pontos de diferença entre as equipes, restando apenas três corridas até o final da temporada.

“Eu sempre disse que a prioridade é o time, e que faríamos de tudo para maximizar os pontos da equipe”, lembrou. “Tirando isso, eles estão livres para brigar no momento, e torço para que no futuro eles sejam tão bons que consigam batalhar em cada uma das corridas”, complementou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Carlos Sainz faz ótima primeira temporada na Ferrari e se mostra adaptado ao carro #55 da escuderia (Foto: Ferrari)

Apesar de fazer sua primeira temporada pela Ferrari em 2021, Sainz parece completamente adaptado ao carro italiano. Já marcou 139,5 pontos este ano, ficando logo atrás do companheiro — que faz parte da escuderia há dois anos — na tabela de classificação, além de ter ido ao pódio três vezes no ano.

“Desde a primeira corrida, ele se integrou muito bem no time e deu sua própria contribuição, o que é muito importante”, pontuou. “E desde a primeira corrida, ele vem evoluindo. Eu olho para essa corrida [no Brasil], ele foi capaz de ser agressivo no início, na primeira volta, e está fazendo isso bem, como foi nas últimas temporadas”, destacou.

O espanhol ainda disse, após o GP da Cidade do México, “não se sentir como um piloto em seu primeiro ano”, no que Binotto prontamente concordou. “Acho que ele está ficando mais e mais confiante com o carro” opinou. “E também com as estratégias que estamos aplicando. Ele está entregando seu melhor em termos de desempenho”, encerrou o chefe da Ferrari.

LEIA TAMBÉM
+Bandeira de gesto histórico de Hamilton em Interlagos era de fã de Verstappen

A classificação acontece logo mais, a partir das 11h (de Brasília, GMT-3), sempre com transmissão ao vivo da Band, do canal por assinatura BandSports e do serviço de streaming F1 TV Pro. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades de pista AO VIVO e em TEMPO REAL.

Max Verstappen apresentou problemas na asa móvel do carro no Catar (Vídeo: Reprodução)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar