Ferrari vê classificação como “ponto baixo” em Ímola: “Impossível ter resultado melhor”

Chefe da Ferrari, Frédéric Vasseur destacou o equilíbrio entre as principais equipes da Fórmula 1 e disse que a equipe italiana precisa evoluir o ritmo de classificação para sonhar com resultados melhores

A Ferrari aplicou o primeiro grande pacote de atualizações da SF-24 na temporada 2024 da Fórmula 1 neste domingo (19), no GP da Emília-Romanha, mas as evoluções do carro não foram suficientes para permitir que a equipe italiana brigasse com a Red Bull pela vitória. No entanto, Frédéric Vasseur, chefe da escuderia, saiu satisfeito com o ritmo demonstrado na pista durante a corrida e lamentou apenas a falta de performance na classificação — o que prejudicou as possibilidades do time em uma corrida de ultrapassagens difíceis.

No fim, Charles Leclerc ainda conseguiu ir ao pódio, na terceira colocação, enquanto Carlos Sainz ficou atrás de Oscar Piastri e foi o quinto. Segundo Vasseur, era “impossível” buscar um resultado melhor.

“A corrida terminou com três equipes dentro de um intervalo de 6s, o que dá menos de 0s1 por volta. É bom para toda a Fórmula 1”, analisou Vasseur. “Seria impossível fazer melhor hoje. Quando nos aproximamos de Lando [Norris], os pneus começaram a superaquecer e não tivemos uma diferença a nosso favor suficiente para ultrapassar. Para mim, o ponto baixo continua sendo a classificação de ontem”, disse.

Na opinião do francês, entretanto, esse desempenho pode variar de pista para pista. Nas próximas duas etapas da Fórmula 1, a categoria vai visitar pistas de características bem diferentes, em Mônaco e Canadá, e Vasseur torce para que a Ferrari alcance uma performance superior a Ímola.

Charles Leclerc voltou ao pódio da F1 em Ímola (Foto: Ferrari)

“As diferenças [entre as equipes] podem mudar de pista para pista com base no trabalho do fim de semana. Em Mônaco, todos vamos começar do zero. Espero que tenhamos um resultado diferente”, apontou.

Mônaco e Canadá são pistas muito diferentes. Monte Carlo é um circuito atípico, difícil de prever, enquanto no Canadá será importante conseguir atacar as zebras. Acho que a Ferrari não está em uma posição ruim nessa área. Queremos apenas ser melhores do que o fim de semana anterior”, comentou.

Por fim, questionado sobre a possibilidade de ver a Mercedes na briga com Ferrari, McLaren e Red Bull, Vasseur não demonstrou grandes preocupações com a equipe de Toto Wolff. “A Mercedes terminou 28s atrás de Leclerc”, se limitou a dizer.

Fórmula 1 volta de 24 a 26 de maio com o tradicional GP de Mônaco, oitava etapa da temporada 2024, nas ruas de Monte Carlo.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.