Ferrari contesta reprimenda branda da FIA contra dutos de freio da Racing Point

A equipe italiana anunciou que fará reclamação oficial sobre a FIA expedir apenas uma advertência contra a tão discutida parte da 'Mercedes rosa'

Quando tudo parecia esquecido e deixado para trás, a saga dos dutos de freio da Racing Point ressurgiu das cinzas, como um fênix, na tarde deste domingo (30), após o GP da Bélgica. E a Ferrari, após o pior desempenho do ano, foi a responsável por expedir uma declaração de intenção de que fará uma reclamação oficial junto à FIA quanto à reprimenda dada contra a equipe rosa.

Na realidade, desde que a punição original surgiu, tirando 15 pontos e impondo multa de €400 mil da Racing Point por conta dos controversos dutos de freios copiados ao conceito de 2019 da Mercedes, a equipe de Silverstone sofre com advertências em todas as corridas por parte da FIA.

A Renault, que originalmente fez as reclamações oficiais que renderam a punição para a Racing Point, anunciou que pararia de contestar os carros das rivais em todas as equipes como demonstração de confiança na FIA. Parecia que o assunto estava enterrado até o ano que vem.

Mas a Ferrari resolveu contestar novamente. Desta vez, a reclamação – que foi anunciada, mas ainda não foi feita – é que apenas uma advertência saiu barato para a Racing Point. Atualmente, a própria Racing Point tem uma contestação oficial contra a punição que recebeu.

De acordo com o site inglês ‘The Race’, essa discussão se transformou em parte das discussões entre Ferrari, FIA e F1 sobre a quantidade de tokens permitidos para 2021. O sistema de tokens vai ditar a quantidade de mudanças que as equipes poderão fazer nos carros para o ano que vem.

Segundo o veículo, há um medo latente nas rivais de que a Racing Point possa adicionar partes da Mercedes de 2020 ao carro atual para a temporada vindoura e, assim, seguir aumentar a diferença para as demais.

O campeonato volta na semana que vem, direto das retas velozes de Monza, no GP da Itália.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube