Ferrari decide por nova versão de motor para Rússia e faz Leclerc largar do fim do grid

Charles Leclerc foi o escolhido pela Ferrari para usar a nova unidade de potência na Rússia e, com isso, vai perder posições no grid. Carlos Sainz, por outro lado, vai esperar para contar com a mudança no carro

A Ferrari revelou nesta quarta-feira (22) que vai precisar de mudanças na unidade de potência, que vai estrear no GP da Rússia, e Charles Leclerc vai sofrer as consequências. O monegasco vai largar no fim do pelotão em Sóchi.

Durante as férias de verão, a Ferrari já tinha informado que faria grandes mudanças na unidade de potência, com evoluções para a parte final da temporada. O regulamento permite que cada equipe faça uma melhora na peça por ano em cada componente de unidade de potência.

A mudança no componente da Ferrari vai acrescentar pouco menos de 10 cavalos. A expecativa é de que a novidade ajude na briga contra a McLaren pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores, mesmo após a vitória da rival no GP da Itália.

Charles Leclerc vai sair da última posição na Rússia (Foto: Ferarri)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Leclerc foi o escolhido para ter as mudanças na unidade de potência em Sóchi. O monegasco possui a prioridade após os danos do carro na largada do GP da Hungria. Carlos Sainz, por outro lado, vai ter que esperar um pouco mais para contar com a novidade.

“A principal proposta é ganhar experiência para o projeto do carro de 2022. Um grande esforço foi colocado nisso, tecnicamente e logisticamente, para que possamos introduzir o mais rápido possível”, disse a Ferrari em comunicado às vésperas do GP da Rússia.

“Charles vai ser o primeiro a ter esse novo sistema híbrido. A decisão é por precaução, depois ao potencial risco de uso da bateria danificada no acidente do GP da Hungria. Em Sóchi, Leclerc vai ter uma nova unidade de potência e, por isso, vai largar no fim do pelotão”, completou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar