Ferrari descarta grandes mudanças em 2020: “Questão de experiência”

Para Mattia Binotto, a Ferrari ainda está em uma curva de evolução por conta de profissionais jovens em novos cargos, portanto, uma mudança brusca não é necessária. Chefe admitiu que reta final da temporada foi abaixo do esperado

A Ferrari foi uma das grandes decepções de 2019 na Fórmula 1, mas o sentimento interno é que o time não precisa de mudanças bruscas. Foram 3 vitórias contra 15 da rival Mercedes durante a temporada.
 
Na opinião de Mattia Binotto, a Ferrari ainda precisa de aprendizado, já que conta com muitos membros inexperientes em diversos setores. O próprio Binotto assumiu o posto de chefe de equipe no início de 2019, substituindo Maurizio Arrivabene.
 
"Eu acho que a cada erro, se você aprender de um ponto de vista, você pode melhorar. Não acho que precisamos de mudanças grandes, severas, acho que é questão de experiência. Sempre disse que somos um time jovem, especialmente nos papéis, estamos em uma curva de aprendizado. Então é questão de ter certeza que tudo que foi feito pode ser melhorado", disse em entrevista ao site ‘Motorsport.com’.
Charles Leclerc (Foto: Ferrari)
Charles Leclerc venceu na Bélgica e na Itália, Sebastian Vettel venceu em Singapura. Porém, o time viu apenas um pódio nas últimas três corridas do ano, com Leclerc em Abu Dhabi. Binotto valorizou os avanços feitos pelas rivais Mercedes e Red Bull, mas admite que o desempenho da Ferrari caiu na reta final.
 
"Não podemos esquecer que a Mercedes trouxe um pacote no Japão. Red Bull melhorou também. Nosso carro nunca se adaptou ao circuito de Abu Dhabi, mas em termos de plano, perdemos performance nas últimas corridas. Abu Dhabi é muito específico, mas temos muito a aprender sobre o porquê não fomos competitivos no último setor, ou talvez com os novos e na largada poderíamos seguir os outros, mas quando o pneu fica morno, é mais difícil para nós", declarou.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube