Ferrari mostra respeito a Rosberg por aposentadoria, mas não espera Mercedes mais fraca: “Eles ainda têm Hamilton”

A cúpula da Ferrari, assim como todo o mundo do esporte, mostrou surpresa com a aposentadoria de Nico Rosberg, mas ao mesmo tempo pregou respeito ao agora ex-piloto sobre sua decisão repentina de deixar as pistas. Mas nem por isso a expectativa da equipe de Maranello é ver a rival mais fraca na próxima temporada

 

A Ferrari reagiu com surpresa, assim como todo o mundo do esporte, frente ao inesperado anúncio da aposentadoria de Nico Rosberg da F1. O alemão decidiu deixar o esporte apenas cinco dias depois de alcançar sua maior glória nas pistas ao se tornar campeão mundial. Uma decisão encarada com muita surpresa, mas também com muito respeito pela cúpula da escuderia de Maranello. Contudo, nem por isso os italianos esperam que a Mercedes vai ser mais fraca em 2017.

 
Em entrevista ao site norte-americano ‘Motorsport.com’ enquanto estava em Daytona acompanhando a Finali Mondiali, evento que marca o encerramento das competições de clientes da Ferrari ao redor do mundo, Sergio Marchionne falou sobre como encarou a notícia que abalou as estruturas da F1 no último fim de semana.
A Ferrari não acredita que a Mercedes vai se enfraquecer com a aposentadoria de Nico Rosberg (Foto: Getty Images)
“Mandei uma mensagem a Toto [Wolff]. Estava voando quando veio a notícia e fiquei surpreso. Eu parabenizo Rosberg por ter tido a coragem de fazer o que fez. Acho que o timing da vida é tudo. Ele está deixando a F1 como campeão. Não pode fazê-lo melhor”, elogiou o presidente da Ferrari.
 
Maurizio Arrivabene, chefe da equipe de F1, disse entender perfeitamente a justificativa de Rosberg, que agora pretende dedicar sua vida e seu tempo à família. “Respeito por completo sua decisão. Às vezes olhamos à esquerda e à direita e esquecemos que no meio temos um coração e um cérebro. Nico estava sentindo isso e estava buscando uma vida diferente”.
 
“Acho que Nico chegou a uma idade onde passou grande parte da sua vida nas corridas. E ser campeão do mundo é a concretização das suas expectativas. Eu o felicito por tomar a decisão, e não sei onde isso coloca a Mercedes para 2017”, complementou Marchionne.
 
Entretanto, o mandatário da escuderia italiana não se ilude com a saída de Rosberg de cena, tendo a certeza de que a Mercedes continuará muito forte na F1. “Não espero uma Mercedes mais fraca. Não se esqueça de que eles ainda têm Hamilton, e tenho certeza de que vão escolher outro piloto com o mesmo potencial como os outros que tiveram no passado”, concluiu o presidente. 
 
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube