FIA afirma que mecanismo automático para controlar refrigeração dos freios é ilegal

O delegado-técnico da FIA, Charlie Whiting, respondeu a um comunicado da Red Bull e afirmou que a estratégia de algumas equipes com o uso de uma fita bimetálica para aumentar ou diminuir os dutos de refrigeração dos freios é ilegal

A FIA enviou um comunicado às equipes, nesta sexta-feira (2), afirmando que o novo sistema de freios, que reage à temperatura para aumentar a refrigeração, está proibido, pois fere as regras da categoria. Antes do GP de Abu Dhabi, a Red Bull havia enviado uma carta à entidade perguntando a legalidade do artifício.

Na mensagem, a equipe rubro-taurina disse que outras escuderias pretendiam usar a peça a partir da prova na Marina de Yas. Apesar disso, os austríacos afirmavam entender que o sistema é ilegal e por isso queriam saber qual a palavra da FIA sobre o assunto.

A FIA afirmou que o novo sistema de freios é ilegal (Foto: Red Bull/Getty Images)

“O uso dessa tecnologia, seja por qualquer um dos exemplos mencionados ou sistemas similares vai mudar o sistema de freios, incluindo o duto de ar, e não está reagindo diretamente ao esforço físico do piloto nem está totalmente ao seu controle o tempo todo, como requer o artigo 11.1.4 do regulamento”, disse.

“Por isso, a RBR concluiu que esse sistema é uma brecha no regulamento técnico da temporada 2012 da F1 e questiona sua opinião sobre o assunto”, completou a carta.

A mudança no sistema de freio constitui no uso de uma tira bimetálica, que abre e fecha os dutos de refrigeração, dependendo da temperatura do freio. Outra opção é a liberação de uma substância que diminuísse a temperatura de todo o sistema.

No entanto, o artigo 11.1.4 do regulamento diz que todas as alterações no sistema do freio com o carro em movimento precisam ser feitas e controladas pelo próprio piloto. Por isso, o delegado-técnico da FIA, Charlie Whiting, respondeu à Red Bull – e às demais equipes – confirmando que o sistema é ilegal e por isso não pode ser usado.

“Em nossa visão, o movimento de uma tira bimetálica e de um atuador térmico dentro do duto de ar, conforme você descreveu, não é feito pelo esforço físico do piloto, por isso acreditamos que esse sistema iria contra o artigo 11.1.4 do regulamento”, informou.

A Red Bull não informou qual equipe poderia estar tentando usar o novo sistema de freio, embora todas as grandes escuderias tenham negado o desenvolvimento do artifício.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube