FIA aguarda estudo da Pirelli para definir medidas de segurança no GP do Catar

Após a corrida sprint, a entidade máxima do esporte a motor anunciou que veredito sobre os procedimentos de segurança será divulgado na manhã deste domingo, horas antes da corrida em Lusail

A FIA anunciou, neste sábado (7), que vai comunicar as equipes neste domingo, às 14h do horário local (às 8h no horário de Brasília, GMT-3) se o GP do Catar vai ter três paradas obrigatórias nos boxes para troca de pneus. O objetivo da entidade máxima do esporte a motor é preservar a segurança dos pilotos e impedir que furos nos compostos sejam causados nas curvas de alta velocidade durante as 57 voltas da 17ª etapa da temporada 2023 da Fórmula 1.

A decisão será tomada após a conclusão do estudo que está sendo feito pela Pirelli, fornecedora oficial de pneus da F1, nos compostos utilizados nas 19 voltas da corrida sprint, que terminou com a vitória de Oscar Piastri, da McLaren, e o tricampeonato mundial de Max Verstappen, da Red Bull.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando a
qui!

No estudo, a fornecedora italiana vai analisar se as modificações na altura das zebras das curvas 12 e 13 surtiram efeito e, consequentemente, impediram que uma nova separação da superfície da camada lateral do pneu e a carcaça do composto fosse novamente causada na corrida sprint, assim como aconteceu com compostos com mais de 20 voltas no TL1 realizado na sexta-feira.

GP do Catar pode passar por procedimentos de segurança visando a integridade física dos pilotos (Foto: Reprodução/F1)

Ao término da última sessão antes do GP do Catar, a Pirelli emitiu um novo comunicado, assinado pelo gerente de corridas, Mario Isola, dando mais detalhes sobre a avaliação que está sendo realizada após a sprint em Losail.

“Agora, como acontece em todos os fins de semana de corrida, estamos analisando os jogos de pneus devolvidos no final do dia. Uma vez concluído esse procedimento, vamos enviar os resultados de nossas descobertas à FIA e, se necessário, serão implementadas medidas adicionais para o GP do Catar.”

Ou seja, só após a conclusão da análise dos compostos, que FIA e Pirelli deverão definir quais medidas de segurança serão adotadas para a prova no circuito catari. “Olhando para o futuro, não vale a pena especular sobre estratégias, dado que devemos esperar pelo resultado de nossa análise em curso e ver se isso terá algum efeito regulatório sobre como a corrida será conduzida.” O número de paradas obrigatórias, porém, é uma hipóteses levantada desde a manhã de sábado.

Fórmula 1 volta à pista de Lusail neste domingo (8), com a largada do GP do Catar programada para as 14h (de Brasília, GMT-3). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL. Há também a transmissão da corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, a partir das 13h40.

‘Sim’ de pilotos à Andretti é apoio ao que interessa: esportividade | GP às 10
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.