FIA anuncia McLaren como fornecedora padrão de sensores de motor da F1 a partir da temporada 2018

A McLaren Applied Technologies, que já é responsável pela produção do ECU padrão da F1, também vai se encarregar de desenvolver os sensores de motor da categoria. O componente só será padronizado em 2018

 
A McLaren pode não ganhar nada nas pistas desde 2012, mas está indo super bem em disputas internas da FIA. A McLaren Applied Technologies, braço da equipe de F1 no ramo da tecnologia, foi escolhida como fornecedora de sensores de motor da F1, equipamento que passa a ser padrão para todas as equipes da categoria a partir de 2018.
 
“É um prazer saber que a McLaren Applied Technologies foi escolhida pela FIA para prover sensores de temperatura e de pressão de motor”, disse Rodi Basso, dirigente da empresa. “Nossa missão ainda é entregar um serviço sem igual, garantindo que as equipes do maior campeonato do mundo possam seguir crescendo e divertido os fãs”, completou.
McLaren Applied Technologies (Foto: McLaren)
O equipamento hoje é desenvolvido por diversas equipes, o que, na visão da FIA, gera um custo desnecessário. A padronização dos sensores é, portanto, uma forma de tornar a F1 mais barata.
 
Esta não é a primeira vez que a McLaren recebe a honra de desenvolver equipamento padrão. Em 2008 a empresa foi escolhida para produzir o ECU padrão da F1 – equipamento responsável por manter o rendimento dos motores no ritmo adequado.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube