FIA confirma pedido de revisão da Haas e convoca quatro equipes para reunião virtual

A solicitação de revisão do resultado final do GP dos Estados Unidos, feita pela Haas, foi aceita pela FIA. Com isso, quatro equipes foram chamadas para uma conferência que vai discutir as provas ainda nesta semana

O GP dos Estados Unidos foi no mês passado, mas ainda não acabou — pelo menos nos bastidores. Agora, a Federação Internacional de Automobilismo [FIA] confirmou que recebeu o pedido de revisão da prova em Austin solicitado pela Haas, equipe que se incomodou com o controle dos limites de pista da Fórmula 1. A entidade convocou outras três equipes — Aston Martin, Red Bull e Williams — para uma reunião virtual sobre os incidentes na próxima quarta-feira (8).

Na última sexta-feira (3), a equipe americana enviou uma carta de 28 páginas à FIA fazendo valer seu direito de revisão. A questão dos limites de pista, que já foi uma dor de cabeça para a Fórmula 1 em etapas como Áustria e Catar, voltou a aparecer nos EUA. De acordo com os sensores, 35 incidentes relacionados à regra foram identificados, mas apenas Alexander Albon foi punido, com 5s.

Relacionadas


A questão é que a Haas analisou as câmeras onboard de todos os carros que disputaram a etapa americana e encontrou um número muito maior de infrações, o que motivou a equipe a buscar uma apelação junto à entidade. Vale lembrar que, após o fim da corrida, imagens do RB19 de Sergio Pérez indicaram que o mexicano também passou por fora dos limites na curva 6 cerca de 21 vezes.

Ainda segundo o time americano, três outros pilotos também escaparam ilesos: Logan Sargeant deveria ter recebido três penalidades de 5s, Lance Stroll outras 19 de 5s, e Pérez, na avaliação da Haas, incríveis 22 punições de 5s. Por isso, a FIA enviou um comunicado para Williams, Aston Martin e Red Bull comparecerem a uma reunião por vídeochamada.

Limites de pista causaram muita polêmica em Austin (Foto: Haas F1 Team)

“Os comissários receberam uma petição de revisão em acordo com o Artigo 14 do Regulamento Esportivo Internacional da FIA, feito pela Haas no dia 3 de novembro a respeito das decisões dos comissários no GP dos Estados Unidos e supostas irregularidades no Apêndice L, Capítulo IV, Artigo 2c”, afirmou o documento da entidade máxima do automobilismo.

“Um representante do time é solicitado para se reportar aos comissários na quarta-feira, dia 8 de novembro de 2023. A reunião será virtual, com detalhes que serão informados em comunicações separadas. Qualquer outra parte interessada deve pedir permissão dos comissários para estar presente. A audição será feita em duas partes. A primeira será ouvir as evidências para determinar se há ‘significantes e relevantes elementos que estavam indisponíveis’. Se os comissários entenderem, de acordo com o Artigo 14.3, que esses elementos existem, uma segunda parte da audição será realizada em horário a ser avisado”, completou a FIA.

Segundo o diretor de prova Niels Wittich, a qualidade das imagens produzidas pela câmera da curva 6 dificultou a análise da FIA, e não foi possível definir claramente se os pilotos excederam os limites naquele ponto.

Fórmula 1 agora volta em duas semanas, entre os dias 17 e 19 de novembro, com o tão esperado GP de Las Vegas.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.