FIA negocia realocação de Masi em nova função: “Figura importante”

Presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem reconheceu o trabalho realizado por Masi na direção de prova da Fórmula 1, e pediu para encerrar os assuntos sobre a última temporada

FÓRMULA 1 2022: FERRARI RÁPIDA, MERCEDES LENTA E RED BULL DE VIDRO NA F1 | TTGP #45

O presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), Mohammed Ben Sulayem, revelou que está em negociação para realocar Michael Masi, mas em uma nova função na entidade máxima do esporte a motor. Depois da divulgação do relatório sobre os acontecimentos nas voltas finais do GP de Abu Dhabi, o dirigente ratificou que é necessário colocar um ponto final sobre o que aconteceu na decisão do título mundial da última temporada e enfatizou que o foco agora deve ser sobre o novo ano na Fórmula 1.

Logo após a terceira sessão de treinos livres para o GP do Bahrein, que abriu a temporada 2022 da categoria, a FIA emitiu o relatório sobre os polêmicos eventos finais da prova disputada em Abu Dhabi e reconheceu que foi um ‘erro humano’, mas incentivado por uma ‘boa fé’ de Masi, que fez o então diretor de provas deixar de seguir o regulamento com o objetivo de possibilitar um final mais emocionante — ao permitir que apenas os retardatários que estivessem entre os líderes ultrapassagem o carro de segurança.

No documento, a FIA também manteve o resultado final da prova, com Max Verstappen como vencedor e, por consequência, Campeão Mundial de F1, em disputa vencida sobre Lewis Hamilton na volta final da corrida em Yas Marina.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Michael Masi perdeu o emprego como diretor de provas da F1 (Foto: Reprodução/F1)

Novamente sob holofotes após a divulgação do relatório, o presidente da entidade máxima do esporte, Ben Sulayem, declarou que reconhece o trabalho feito por Masi à frente da direção de prova nas últimas três temporadas na F1 e também revelou que está em fase negociação para realocação do comissário na FIA.

“Somos gratos pelos três anos que ele esteve conosco, e dedicou o seu tempo [na F1]”, disse em entrevista ao site oficial do órgão. “Mas, agora, estamos negociando com ele para ficar na FIA. Ele é uma figura importante para nós. Nosso pessoal está negociando outro, não diria um emprego, mas outra função para ele dentro da FIA”, completou.

Por toda perseguição sofrida por Masi, principalmente nas redes sociais, após as polêmicas decisões tomadas durante a última temporada, mas que atingiram o estopim ao término do GP de Abu Dhabi, o presidente da entidade contou por quais motivos a FIA ainda não definiu o novo cargo para Masi na federação.

“[Queremos] tirar a pressão e o estresse dele, porque ele realmente passou por muita coisa”, afirmou.

Mohammed Ben Sulayem, presidente da FIA, negocia um novo cargo para Masi (Foto: Reprodução/FIA)

Com o Campeonato Mundial de 2022 já em andamento, Ben Sulayem pediu para que os assuntos relacionados às polêmicas da temporada 2021 sejam encerrados, para que o foco seja apenas neste ano, que marca o início do novo regulamento técnico na F1.

“Agora queremos seguir em frente e terminar a corrida em Abu Dhabi com esse relatório”, disse. “É o início de 2022, com todos os carros novos e toda emoção. Acho que devemos aproveitar e deixar isso para trás e garantir que tenhamos um bom ano”, concluiu.

Com Niels Wittich e Eduardo Freitas dividindo a função de diretor de provas, além de Herbie Blash como conselheiro-sênior, a segunda etapa da temporada 2022 da Fórmula 1 acontece neste domingo (27), com o GP de Abu Dhabi. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.

LEIA TAMBÉM
+Albon vê piora em nova regra para retardatários durante safety-car na F1
+Gasly torce para que motor “não tenha ido embora” após incêndio: “Virou churrasco”

BAHREIN CONFIRMA: FERRARI É CANDIDATA AO TÍTULO DA FÓRMULA 1 2022
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar