FIA cobra plano de remediação após invasão de pista antes da hora no GP do Canadá

Espectadores invadiram a pista do GP do Canadá enquanto os carros ainda faziam a volta de resfriamento após a bandeirada, o que resultou em uma investigação da FIA e a obrigação de um plano de remediação por parte dos organizadores da etapa

Vencido por Max Verstappen no último domingo (9), o GP do Canadá deu uma dor de cabeça à FIA logo após o encerramento. Enquanto os pilotos ainda faziam a volta de resfriamento em direção ao pit-lane, depois da bandeirada, espectadores invadiram a pista para a cerimônia do pódio e geraram uma situação de risco, já que os carros ainda estavam no traçado. Não foi a primeira ocorrência do tipo no Circuito Gilles Villeneuve, e os promotores da prova foram convocados a darem explicações.

Os comissários, após investigarem o incidente, consideraram o Octane Racing Group — organizador da etapa canadense — culpado segundo o artigo 12.2.1.h do Código Internacional por “falhar em tomar as precauções necessárias e gerar uma situação insegura.”

“As medidas de segurança, os responsáveis e os equipamentos que deveriam estar em posição para o evento não foram cumpridas ou não foram suficientes, o que resultou em um ambiente inseguro para espectadores e pilotos”, declarou a direção de prova após investigar evidências em vídeo.

Na sala dos comissários, os promotores admitiram que as precauções não foram suficientes para impedir a invasão cedo demais e concordaram que a situação não foi aceitável. Além de prometer uma investigação sobre o fato, os organizadores precisarão submeter uma proposta formal à FIA até o dia 30 de setembro em que apresentam mudanças que impeçam o fato de se repetir no futuro.

Caótico GP do Canadá teve até invasão de pista (Foto: McLaren)

Por fim, a decisão também indica que vai haver um acompanhamento da FIA sobre o caso, e que qualquer repetição do incidente vai resultar em uma punição financeira “significativa” aos promotores.

A F1 tem vivido alguns problemas com as tradicionais invasões de pista nos últimos anos. Em 2023, fãs entraram na pista do GP da Austrália antes da hora, o que resultou no banimento da invasão para 2024. O mesmo aconteceu no GP de São Paulo, antes mesmo de todos os carros receberem a bandeirada final. No Canadá, a situação foi agravada pelo número de espectadores presentes ao longo do fim de semana: 350 mil, um recorde para a etapa.

Fórmula 1 volta entre os dias 21 e 23 de junho, em Barcelona, com o GP da Espanha, décima etapa da temporada 2024.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.