Fora da F1, Ocon aposta em aproximação da Racing Point para rivais do topo: “Agora tem dinheiro”

Esteban Ocon ficou sem carro para a temporada 2019 da F1, mas não se furta a analisar o futuro da categoria. E, para o francês, a Racing Point, antiga Force India e time no qual estava até o fim de 2018, vai diminuir a distância para o trio do topo

Esteban Ocon ficou sem equipe para a temporada 2019 da F1 depois que Lawrence Stroll comprou a Force India, a rebatizou de Racing Point e colocou seu filho Lance como dono de um dos carros, ao lado de Sergio Pérez

Mas, mesmo assim, o francês não se furta a comentar sobre o futuro da categoria e de sua ex-equipe. E, para Ocon, a distância dos carros rosa para o trio do topo, formado por Ferrari, Red Bull e Mercedes, deve dominuir.

"Há um espaço enorme para ser completado, mas eles vão dar um passo à frente, disso eu tenho certeza", comentou Ocon em entrevista ao 'Motorsport'.

Esteban Ocon (Foto: Racing Point Force India)

Ele também deixou claro por qual motivo pensa isso: "Dinheiro sempre foi o problema, e agora tem dinheiro, Então acredito que eles são candidatos fortes", completou.

Segundo Ocon, a equipe que trabalha na Racing Point é muito forte e, com essa adição monetária, será ainda melhor: "Trabalhávamos muito mesmo com pouco dinheiro. Agora provavelmente será muito mais fácil para eles", completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube