Fora da F1, Webber vê sucesso da Red Bull como resultado do trabalho de “heróis desconhecidos”

Agora piloto da Porsche no Mundial de Endurance, Mark Webber destacou a política de meritocracia da Red Bull e avaliou que o sucesso do time é resultado do trabalho de pessoas desconhecidas pelo grande público

Mark Webber agora é um piloto da Porsche, mas nem mesmo sua nova condição de competidor do Mundial de Endurance o impede de reconhecer as qualidades da Red Bull, sua antiga equipe na F1. Em um artigo publicado na comunidade ‘Sportlobster’, o australiano elogiou a política de meritocracia do time dos energéticos.
 
Em seu artigo, Webber comparou a situação do futebol inglês com a Red Bull e destacou que a equipe rubro-taurina não se preocupou em montar uma escuderia com astros, mas com pessoas que fizessem bem o seu trabalho. 
Webber afirmou que Red Bull pode ser exemplo para times de futebol emergentes (Foto: Getty Images)
“É fácil assumir que um piloto trabalha sem muita dependência de liderança, mas esse não é sempre o caso”, comentou Webber. “Na F1 você tem um time com mais de 500 pessoas na equipe, então uma boa gestão e ser bom em delegar é muito importante. Para mim, a Red Bull provou que a continuidade é a rainha”, frisou. 
 
“A política na Red Bull é ter muito pouca rotatividade de funcionários e pilotos. Remanejamento constante na F1 é, provavelmente, ainda mais prejudicial do que no futebol, já que é muito ineficiente e caro”, opinou. 
 
Webber destacou que a Red Bull foi construída sem a necessidade de roubar funcionários de outros times, mas hoje perde alguns de seus integrantes para as rivais. Nos últimos seis meses, o time perdeu alguns de seus membros chave, como Peter Prodromou, chefe de aerodinâmica, que foi para a McLaren, e Mark Ellis e Giles Wood, que se transferiram pela Mercedes.
 
“No papel, fora Adrian Newey, a Red Bull não começou com muitos grandes nomes. A filosofia deles não era roubar pessoas de times rivais, mas construir desde a base. Agora muitos caras da Red Bull são procurados por muitos outros lugares”, ressaltou. “Muito deste sucesso é fruto de heróis desconhecidos de quem a maioria das pessoas nunca vai nem ouvir falar. Alguns donos de times de futebol emergentes podem se beneficiar desta visão estável de longo prazo, assim como essa da Red Bull. Sucesso duradouro não vem do dia para a noite”, concluiu. 

Acompanhe o noticiário completo sobre o acidente de Michael Schumacher

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube