Fora da Fórmula 1, Hülkenberg chama corridas de classificação de “bobagem artificial”

Prestes a virar comentarista de TV, Nico Hülkenberg não gostou da ideia da F1 de realizar corridas extras aos sábados, que valeriam de classificação para a principal, no domingo

Ele tentou, mas não arranjou vaga no grid da Fórmula 1 para 2021. Por isso, restou a Nico Hülkenberg rondar o paddock – ao menos como comentarista. Nesta temporada, ele vai analisar a categoria em canal austríaco, e já começou a falar de forma polêmica sobre as pensadas corridas de classificação.

A Fórmula 1 tem estudado implantar tal ideia, em que os pilotos brigariam em prova já no sábado do final de semana de GP para montar, via tal classificação, o grid de domingo, mas Hülkenberg não é fã.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Tudo sobre os lançamentos dos carros da F1 2021

Nico Hülkenberg (Foto: Mark Thompson)

Ao ‘Motorsport-Total’, o alemão deixou claro que é contra o plano: “É bobagem. Parece, a mim, algo artificial para criar animação. As equipes colocam um monte de dinheiro neste esporte e milhares de pessoas estão envolvidas, e aí algo assim é jogado nelas. Não se encaixa com a F1, lugar em que coisas inesperadas podem acontecer”, comentou.

“A corrida principal de domingo vale mais que uma corrida de classificação no sábado, e você tem o evento principal com um vencedor”, completou Hülkenberg.

https://open.spotify.com/episode/56EWZtjjXZerTSc5mEGdpr?si=dXJwGloaQQ6ZEGdY1gUInQ&nd=1

O experiente piloto, ainda cotado para posto de reserva, fará comentários para a Servus TV, que transmite a Fórmula 1 na Áustria, casa da Red Bull.

Já as corridas de classificação seguem em estudo pela F1: o projeto tem nome, que seria superclassificação, e deve ser testado em três etapas deste ano. No entanto, alguns detalhes ainda precisam ser decididos nos próximos dias para que o modelo seja aprovado.

Elas distribuiriam pontos aos oito primeiros, em um sistema que ainda não foi definido por completo. Seriam 100 km de distância, representando um terço da distância normal de um GP da categoria. Já a ordem de chegada da corrida sprint serviria como base para a largada da principal. Ou seja, sem uso de grid invertido, sugestão que nunca teve o apoio das grandes equipes.

Chegou ao Brasil a F1 TV Pro. Em parceria com o GRANDE PRÊMIO, a Fórmula 1 vai dar 25% de desconto na assinatura do plano que dá acesso aos testes da pré-temporada, às 23 corridas ao vivo e muito. Clique a página da F1 TV Pro por este link e digite o promo code F1TV25. Mas seja rápido: a promoção vai até 14 de março. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube