Fora no Q1, Alonso afirma que tirou 100% do que McLaren tinha a oferecer e fala em “lutar por pontos”

Fernando Alonso vai largar no 14º lugar beneficiado por punições dos dois pilotos da Toro Rosso, mas o rendimento no treino classificatório rendeu uma eliminação no Q1. Segundo ele, era o que tinha para oferecer neste sábado (20) em Austin

A McLaren segue sem mostrar evolução. Após um começo medíocre da temporada, o tradicional time inglês caiu até se tornar uma das duas equipes de pior rendimento da F1. No treino classificatório deste sábado (20), Fernando Alonso fez força e não conseguiu passar do Q1. Vai largar em 14º por conta de punições alheias, mas o rendimento foi baixo – e o companheiro, Stoffel Vandoorne, foi o mais lento entre os 20 na pista. Alonso saiu resignado. 
 
O bicampeão mundial comentou que estava satisfeito com o trabalho que apresentou, porque tirou tudo que o carro tinha para dar. A briga, segundo ele, jamais foi para o sábado: a busca é por pontos. 
 
"Só tenho como fazer uma volta mediana na classificação. A expectativa é lutar na corrida para tentar somar pontos. Veremos se o domingo será um dia desses", afirmou.
Fernando Alonso (Foto: McLaren)

"Nas curvas rápidas nós tiramos o que de melhor nosso carro oferece. Vínhamos bem no primeiro setor, mas logo perdíamos nos outros dois. De qualquer forma, estou feliz de como foi o dia. Maximizamos tudo e não erramos em curva alguma. O essencial é que os pontos estejam em aberto e possam ser disputados no domingo", seguiu.

 
De acordo com Alonso, as condições da pista eram boas após dias de chuvas fortes na cidade texana de Austin.
 
"A pista evoluiu de forma lógica. Tinha sujeira ainda mais pela chuva dos últimos dias. Acredito que foi melhorando durante o dia e que amanhã, com todos os carros na pista e sem chuva, possa ser uma corrida rápida", finalizou.
 
A largada do GP dos EUA está marcada para as 15h10 (de Brasília) do domingo.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP dos Estados Unidos de F1 neste fim de semana com a repórter Evelyn Guimarães.



E o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube