F1 lidera campanha e incentiva público a se vacinar contra Covid-19: “Faça a sua parte”

A Fórmula 1 promove uma campanha com a participação de quase todos os pilotos e também de Stefano Domenicali em que clama o público ao redor do mundo a se vacinar contra a Covid-19

A F1 lança campanha para defender e incentivar vacinação contra a Covid-19 (Vídeo: F1)

Se a Fórmula 1 e parte do mundo voltaram a uma condição próxima a um cenário de normalidade, tudo se deve principalmente à ciência e à vacinação contra a Covid-19. Entretanto, uma considerável parcela da população não se vacinou. Muitos, sobretudo na África, ainda não tiveram acesso ao imunizante, enquanto na Europa, Estados Unidos e Brasil, outros simplesmente se negam a se vacinar. Por isso, a Fórmula 1 lançou uma campanha, a partir deste sábado (11), para incentivar e clamar ao seu público. “Vacinem-se”.

Em vídeo lançado pela Fórmula 1, 19 dos 20 pilotos do grid se posicionaram e defenderam a vacinação. O único que não apareceu na peça divulgada pela categoria foi Kimi Räikkönen. Contudo, o finlandês, que se despede da F1 neste fim de semana, já defendeu a vacinação na época em que testou positivo para Covid-19 e não disputou os GPs da Holanda e da Itália.

Entre os pilotos que participaram do vídeo, destaque para os dois protagonistas da decisão do título neste fim de semana em Abu Dhabi. Lewis Hamilton ressaltou. “Estamos encontrando nosso caminho de volta para as coisas que amamos, mas a Covid não desapareceu”. Por sua vez, Verstappen pediu. “Por favor, faça sua parte”.

LEIA TAMBÉM
+Hamilton supera Verstappen e lidera último treino livre do ano em Abu Dhabi

FÓRMULA 1; PILOTOS; COVID;
A Fórmula 1 lançou campanha para defender a vacinação contra a Covid-19 (Foto: Twitter)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Os campeões do mundo Sebastian Vettel e Fernando Alonso também deram seu recado. “Vacinem-se. É o mais sensato a ser feito”, declarou o piloto da Aston Martin. Já o espanhol da Alpine cobrou uma reflexão. “Precisamos estar nisso juntos e precisamos estar todos no mesmo barco”.

Por sua vez, Stefano Domenicali, presidente e CEO da Fórmula 1, também pediu atenção da população à vacinação e também à dose de reforço nos países onde houver disponibilidade.

“As vacinas e os reforços são a nossa saída para essa pandemia e precisamos manter todos seguros e seguir em frente juntos. Tomei minha vacina e minha dose de reforço e peço a todos que façam o mesmo. A Fórmula 1 está avançando, e pedimos que todos façam sua parte”, disse o italiano.

A campanha promovida pela Fórmula 1 vem na esteira de uma nova preocupação em razão do surgimento da variante ômicron e também da eclosão de uma quarta onda de pandemia na Europa, como na Alemanha, França e no Leste Europeu. Nos Estados Unidos, apesar de ampla vacinação em vários estados, o número de casos e também de óbitos segue muito alto.

No Brasil, diferente dos estados do Sudeste e do Sul, no Norte a vacinação ainda não avançou no mesmo ritmo. A região ainda sofre com o negacionismo de pessoas que insistem em não se imunizar.

No universo da Fórmula 1, a única pessoa pública envolvida diretamente com o esporte que se colocou contra a vacinação foi o sul-africano Alan Van der Merwe, piloto do carro médico da categoria.

Caber ressaltar que as vacinas salvam vidas e são seguras. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), as vacinas contra a Covid-19 foram testadas em grande escala, com testes controlados que incluem pessoas de ampla faixa etária, em todos os gêneros, etnias diferentes e em condições médicas conhecidas. As vacinas mostraram um alto nível de eficácia em todas as populações e são consideradas seguras e eficazes em pessoas com várias condições médicas distintas.

Fórmula 1 acelera logo mais para a decisiva sessão classificatória do GP de Abu Dhabi. A definição do grid de largada está marcada para 10h (de Brasília, GMT-3) e terá transmissão ao vivo da Band na TV aberta, do BandSports na TV por assinatura e pelo serviço de streaming F1 TV Pro.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar