F1

FOTO: Mick Schumacher estreia na F1 pela Ferrari durante sessão de testes coletivos no Bahrein

Filho do heptacampeão Michael Schumacher, Mick Schumacher acelerou pela primeira vez um carro atual de F1 na manhã desta terça-feira (2). E logo pela Ferrari, equipe pela qual o pai conquistou cinco dos seus sete títulos mundiais, entre 2000 e 2004. O alemão de 20 anos é acompanhado pela mãe, Corinna, e usa o numeral #29

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré

A manhã desta terça-feira (2) marcou a estreia de Mick Schumacher a bordo de um carro atual de F1. O filho do heptacampeão mundial Michael Schumacher completou suas primeiras voltas a bordo da SF90 na abertura da sessão de testes coletivos que a categoria promove até quarta-feira no Bahrein. Acompanhado de perto pela mãe, Corinna, Mick, de 20 anos, acelerou o carro estampando o numeral #29. Desde o começo do ano, Schumacher é membro da Academia de Pilotos da Ferrari.
 
É a primeira vez que Schumacher tem a chance de fazer um teste pra valer na F1. No ano passado, o alemão teve a oportunidade de pilotar a Benetton com a qual o pai faturou seu primeiro título mundial, em 1994, em uma exibição em Spa-Francorchamps na semana do GP da Bélgica.
Mick Schumacher pilotou pela primeira vez um carro atual de F1 no Bahrein (Foto: Bahrain International Circuit)
Desta vez, Mick, último campeão da F3 Europeia e atual piloto da F2 pela Prema, guia pela Ferrari nesta terça-feira antes de mudar de boxes e acelerar o Alfa Romeo C38 na quarta-feira. Antes, fez sua estreia pela categoria de acesso à F1 no último fim de semana. 
 
Na primeira corrida da rodada dupla, o piloto largou em décimo e chegou em oitavo lugar, assegurando o direito de largar na frente na corrida 2, da qual finalizou em sexto. Mick Schumacher soma oito pontos e está em oitavo lugar no campeonato.
 
A sessão teve início às 9h pelo horário local (3h de Brasília) com outra novidade além de Schumacher. Fernando Alonso guiou pela primeira vez neste ano um carro da atual temporada da F1, acelerando o MCL34 da McLaren. O bicampeão do mundo foi escalado pela escuderia britânica, pela qual ainda tem vínculo — sobretudo por conta da participação nas 500 Milhas de Indianápolis, em maio —, para trabalhar nos testes com os protótipos de pneus da Pirelli para 2020.
Mick Schumacher leva novamente o sobrenome campeão ao cockpit da Ferrari (Foto: Bahrain International Circuit)
14 pilotos estão escalados para o primeiro dos dois dias de testes coletivos no Bahrein. Com duas horas de sessão, Romain Grosjean, da Haas, lidera com 1min30s982. Mick Schumacher tem o 12º tempo, com 1min33s943 como melhor marca. O alemão é o único piloto novato na lista dos inscritos para os testes nesta terça-feira.
 
A curiosidade é que a chuva, prevista para sábado e domingo no Bahrein, deu as caras nesta manhã, interrompendo as atividades de pista em Sakhir.