F1

Gasly reclama de perda de ritmo e pede análise para “voltar melhor em Spa”

Ainda não foi na Hungria que Pierre Gasly viu a temporada ser aliviada. Outra largada ruim fez com que o francês acabasse bem atrás de Carlos Sainz e saísse reclamando do ritmo do Red Bull

Grande Prêmio / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
Uma nova prova, mais um problema. Pierre Gasly certamente esperava que o GP da Hungria deste domingo (4) representasse um alento para a temporada sofrida que vive. Mas não foi esse o caso. Novamente longe do companheiro de equipe, reclamou de perda do ritmo desde o sábado e pediu atenção urgente a esse caso. 
 
A F1 vai parar duas semanas e volta para duas semanas de trabalho antes do GP da Bélgica - quatro, ao todo, sem corridas. Para que haja sucesso na prova belga, quer que o time descubra o que aconteceu com seu carro. 
 
O que aconteceu na prova de Hungaroring foi que Gasly largou mal e teve de recuperar. Ficou longe demais para alcançar Carlos Sainz e o restante dos primeiros colocados.
Pierre Gasly (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
"As coisas começaram com muita bem durante o fim de semana. Depois, do P3 em diante, perdi muito ritmo e tive dificuldades com a aderência de forma geral. A classificação foi difícil, esse também foi o caso, mas nós claramente não tínhamos o ritmo semelhante para brigar no topo. Hoje, o mesmo. Precisamos entender exatamente o motivo de termos perdido tanto ritmo e tivemos tanta dificuldade para que voltemos melhores em Spa" declarou.
 
"Patinei um pouco e depois, com os pneus médios, eu fui ensanduichado na curva 1. Estava perto de Kimi [Räiikönen] na curva 2. Perdi muito na largada, o que não ajudou a corrida. Mas mesmo depois daquilo não havia ritmo para muita coisa. Creio que é o principal para ser analisado. Marcamos alguns pontos, mas não tantos quanto queríamos. Vamos sentar com o pessoal e trabalhar juntos para encontrar o que aconteceu", afirmou. 
 
Com 63 pontos no campeonato, Gasly é o sexto no Mundial de Pilotos. Max Verstappen já anotou 181 pontos.


Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.