Russell se vê inocente em incidente com Sainz e pede agressividade para pontuar

Após garantir o nono lugar no grid de largada do GP da Inglaterra, Russell afirmou que não foi culpado pelo incidente da largada com Carlos Sainz

TUDO sobre a corrida de classificação na Inglaterra | Briefing

Enfim, George Russell conseguiu terminar uma corrida da Fórmula 1 com a Williams dentro do top-10. Infelizmente para ele, na tarde deste sábado (17), era uma corrida de classificação e não valia ponto para os dez primeiros. Russell, porém, saiu satisfeito e sem se entender culpado pela quase batida com Carlos Sainz logo na largada.

Os dois tiveram um problema nas primeiras curvas. Russell tirou o espaço de Sainz, que vinha de trás e precisou desviar para evitar a batida, o que rendeu uma saída da pista e a ida para o fim do pelotão. Russell não teve tanto prejuízo, segurou o espaço dele e conseguiu garantir o nono lugar no grid.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GEORGE RUSSELL; WILLIAMS; GP DA INGLATERRA; CLASSIFICAÇÃO; WILLIAMS;
George Russell andou bem de novo (Foto: Williams)
Paddockast #112: As principais mudanças nos carros de F1 e o que esperar da próxima geração?

“Foi divertido. Não precisava gerenciar os pneus, então dava para brigar com tudo que tínhamos. Podia dar tudo certo ou tudo errado nas últimas dez voltas com relação à vida dos pneus. Alonso [que saiu de trás dele e terminou na frente] tinha pneus macios novos e nós tínhamos pneus macios usados, então eles podiam fazer isso com o ritmo do carro deles”, avaliou.

“Carlos veio de fora e tentou entrar. Não havia muito que eu pudesse fazer, eu o vi chegando e ele provavelmente não viu onde eu estava. É uma daquelas situações que acontecem em primeiras voltas”, afirmou.

Ao projetar a corrida e a possibilidade de pontuar, pediu ousadia. “Precisamos ser agressivos e tirar o máximo do que temos, porque alguns carros rápidos estão atrás da gente.”

ATUALIZAÇÃO: 3h30 após o fim da classificação, a FIA anunciou a punição de Russell com três posições no grid de largada por conta do incidente com Sainz. Assim, o inglês larga em 12º, inclusive atrás do próprio espanhol, que sai em décimo.

No domingo, o GP da Inglaterra tem a largada marcada para as 11h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Hamilton superou Verstappen na frente de uma torcida apaixonada para liderar a classificação do GP da Inglaterra (Foto: Vídeo: Reuters)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar