Russell revela “sentimento estranho” após retorno à Williams em Abu Dhabi

George Russell voltou ao cockpit da Williams depois da passagem de substituto pela Mercedes. Ele admite que o sentimento de retorno é estranho, mas quer dar o máximo para o time não passar 2020 zerado

George Russell voltou para a Williams nos treinos livres desta sexta-feira (11) em Abu Dhabi. Uma semana após substituir Lewis Hamilton na Mercedes e quase vencer o GP de Sakhir, ele retornou ao time no qual tem contrato.

A confirmação do retorno de Russell veio apenas na quinta-feira, quando Hamilton testou negativo para Covid-19. George reconhece que foi um sentimento estranho não poder correr com a Mercedes no fim de semana

“Foi um sentimento estranho, para ser sincero. Antes do Bahrein, eu queria ter as duas semanas no carro apenas por esperar aprender tudo que precisava e chegar aqui sem desculpas. No Bahrein, foi tudo tão bem em termos de performance que pensei: ‘foi um bom fim de semana, queria ter vencido e eu teria uma grande oportunidade agora’. Apesar disso, a Williams me deu a oportunidade. São dois anos trabalhando duro para mim. É meu dever terminar a temporada em alta, e é isso que vou fazer”, comentou Russell, que somou os primeiros pontos da carreira com o nono lugar em Sakhir.

O capacete de Russell que faz homenagem para Frank e Claire Williams. (Foto: Williams)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O sonho da Williams para a última corrida de 2020 é tentar somar pontos, algo que não acontece desde o GP da Alemanha de 2019, com Robert Kubica. George reconheceu que o fim de semana é para tentar de tudo.

“Não tem o que esconder nas voltas, isso é claro. A Mercedes é a referência. Tive a sorte de correr com eles na última semana e sei onde precisamos nos esforçar no carro. Foi um bom aprendizado, e correr de novo apenas cinco dias depois é ótimo. Vamos tentar de tudo. É a última corrida do ano, acho que todo mundo está um pouco desesperado”, concluiu.

Fórmula 1 volta a acelerar neste sábado, a partir de 7h (de Brasília), com o terceiro treino livre em Yas Marina. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do fim de semana do GP de Abu Dhabi AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube