Giovinazzi exalta crescimento na Alfa Romeo após renovação: “Aprendi que não é fácil”

Com contrato renovado para 2020, Antonio Giovinazzi exaltou seu crescimento ao longo da temporada da Fórmula 1. Na visão do piloto, sua abordagem em relação ao fim de semana da corrida é completamente diferente em relação ao GP da Austrália, a primeira do ano

Antonio Giovinazzi está de contrato renovado com a Alfa Romeo. Mesmo após dificuldades na primeira metade da temporada, o italiano conseguiu assegurar a vaga para ser companheiro de equipe de Kimi Räikkönen em 2020.

Giovinazzi revelou que a assinatura do contrato aconteceu antes do GP dos Estados Unidos. Ele ficou feliz e citou as dificuldades que teve na primeira metade da temporada, com problemas no ritmo de corrida e gerenciamento de pneus, O italiano negou que a pressão para as corridas finais será menor.

"Primeira parte da temporada não foi o ideal. Não estava longe do Kimi, mas tive problemas com ritmo de corrida. Após a parada de verão, comecei a focar nos stints longos, e melhorou bastante. Pressão sempre esteve ali porque minha carreira sempre foi assim, mas estou focando no meu trabalho e ano que vem estarei aqui", disse em entrevista acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO.
Antonio Giovinazzi (Foto: Alfa Romeo)

A renovação de contrato também não significa que Giovinazzi está com a cabeça em 2020. O piloto quer captalizar as últimas oportunidades de pontuar no campeonato, e o foco é necessário.

 
"Faltam duas corridas. Meu foco é fechar estas provas bem, quero ir bem e meu alvo é esse. Depois de Abu Dhabi, podemos começar a pensar no ano que vem, mas agora, quero ir bem nestas corridas. A pressão segue. Tenho mais um ano de contrato, mas quero ser rápido, e para isso preciso de foco, e fazer um bom trabalho", citou.

Após duas participações na F1 em 2017 pela Sauber, Giovinazzi está próximo de completar sua primeira temporada inteira na Fórmula 1. O aprendizado do italiano é que a experiência definitivamente faz a diferença

 
"Eu aprendi que a F1 não é fácil. Experiência faz a diferença. Se você me ver agora e me ver em Melbourne, pode olhar que foram abordagens diferentes. Eu estive em 2017, mas é a primeira temporada completa e agora é tudo muito mais fácil. Experiência faz a diferença na carreira do piloto", concluiu.

O GRANDE PRÊMIO cobre in loco o GP do Brasil com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar