Globo muda programação e exibe apenas ‘flash’ da classificação do GP de Cingapura durante programa matinal

Eram previstos 30 minutos, mas foram apenas 6: foi o que a TV Globo mostrou da classificação do GP de Cingapura neste sábado. Tudo para que não atrapalhasse a exibição do recém-criado 'É de Casa'

O horário diferente da classificação do GP de Cingapura em relação às provas europeias — em vez das habituais 9h (de Brasília), o treino que definiu o grid começou às 10h — fez com que a Globo, detentora dos direitos de transmissão, deixasse-a de lado neste sábado (19). A emissora preferiu não interromper o 'É de Casa', atração que estreou há um mês para tentar alavancar a audiência na concorrência com SBT e Record.

É a primeira vez em 24 anos que a Globo lima o treino classificatório da F1 de sua grade. Coube ao SporTV passá-lo na íntegra na TV brasileira, como tem feito durante toda a temporada.

Durante a semana, os narradores da emissora anunciaram nas transmissões do futebol que o treino classificatório seria exibido a partir das 10h30 (de Brasília); a programação de TV consultada pelo controle-remoto indicava 10h35; no 'Jornal Nacional' de ontem, no entanto, veio a notícia de que só o resultado seria informado aos telespectadores.

No fim, Galvão Bueno — que está cobrindo 'in loco' a prova — "entrou na casa" às 10h57 e explicou que, "de forma surpreendente, as Mercedes não estão dominando como em todas as corridas", o que fez com que "Lewis Hamilton não igualasse o recorde de oito poles seguidas do nosso eterno Ayrton Senna".

'Gentem…', a classificação do GP de Cingapura não passou (Foto: Reprodução TV Globo)

O GRANDE PRÊMIO ouviu de uma fonte que a decisão de não passar a classificação foi tomada de última hora. Desde o começo da semana, ficou acertado que o 'É de Casa' abriria espaço para a F1 em sua meia hora final.

"Memória fraca tem solução: aprenda a estimular o seu cérebro" era o assunto tratado pelos apresentadores Cissa Guimarães, Ana Furtado, Tiago Leifert e André Marques. Dados preliminares do Ibope apontam que a atração estava com 5 pontos de audiência, 1 a menos que o SBT, que exibia 'Mundo Disney'. 

Para não esquecer: a pole do GP de Cingapura ficou com Sebastian Vettel, a primeira da Ferrari desde o GP da Alemanha de 2012 e que põe fim a uma sequência da Mercedes na F1 e à segunda maior seca da equipe italiana.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube