GP às 10: Russell substitui Hamilton na Mercedes: o que esperar?

Victor Martins e Evelyn Guimarães comentam a decisão da Mercedes em promover George Russell para o lugar de Lewis Hamilton no GP de Sakhir. O heptacampeão contraiu o coronavírus e está fora da etapa no anel externo

A Mercedes decidiu promover o pupilo George Russell para o lugar de Lewis Hamilton no GP de Sakhir, depois que o heptacampeão testou positivo para a Covid-19. A opção pode até parecer lógica, diante da ligação entre o jovem inglês e a marca alemã, mas também pode causar um perigoso desequilíbrio na bem afinada equipe chefiada por Toto Wolff.

Afinal, uma performance avassaladora de Russell poderia acabar com Valtteri Bottas, ao passo que um desempenho mediano poderia prejudicar a carreira de George, que está em sua segunda temporada com a Williams, parceira técnica da Mercedes.

Além de Russell, eram vistos como candidatos Stoffel Vandoorne e Nico Hülkenberg. O belga é piloto reserva da Mercedes e defende a fábrica na Fórmula E, ao passo que o alemão já participou de três fins de semana do campeonato, substituindo Sergio Pérez e Lance Stroll.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Primeiro e mais importante, gostaria de agradecer nossos leais parceiros na Williams por sua colaboração e mente aberta que tornou isso possível neste final de semana. As conversas com o time na Williams foram positivos e pragmáticos, e esses foram os pontos principais para alcançar o acordo”, afirmou Toto Wolff, chefe da Mercedes.

Já Russel afirmou que “primeiro, quero agradecer a todos na Williams por me dar essa oportunidade. Posso estar com outro macacão neste final de semana, mas sou piloto da Williams e vou torcer por minha equipe em todos dos passos do caminho”.

O GP às 10 analisa a escolha da esquadra multicampeã da Fórmula 1 e suas consequências para o futuro, até mesmo para Hamilton.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube