GP às 10: Mercedes em crise na F1? Flavio Gomes explica pré-temporada estranha

No GP às 10 desta terça-feira (16), Flavio Gomes analisa toda a pré-temporada da Fórmula 1 e fala sobre como a Mercedes despencou de campeã da quilometragem para a última colocada em 2021. Na visão do jornalista, uma queda de performance da equipe que domina a categoria desde 2014 não é de todo ruim, aliás, é boa para o esporte como um todo

Com um dia só de treinos de pré-temporada não dá para dizer muita coisa. Dois dias de testes já dá para ver uma coisinha aqui e outra ali. Com três dias de testes, a gente tem uma lista de quem mais andou e de quem menos andou e vê a Mercedes com o menor número de voltas, aí isso mostra que há algo acontecendo. Claro que não tira o favoritismo, mas alguma coisa estranha aconteceu nesses três dias de pré-temporada, definiu Flavio Gomes no GP às 10 desta terça-feira (16).

A Mercedes errou a mão? Tomara, disse Gomes. Mas mesmo assim, o jornalista entende que a equipe vai corrigir o rumo com o W12 ao longo da temporada, o que é bom para a Fórmula 1. Quando tem mais de uma equipe brigando por vitórias e pelo título é melhor ainda.

Foi uma pré-temporada estranha da Mercedes, que tem como hábito andar muito nos testes de pré-temporada e de não ter problemas técnicos e tampouco dificuldades. Isso facilita muito as coisas. Nesse ano, tudo indica que vai demorar um pouco para a equipe reagir, e isso altera um pouco o início do campeonato.

O importante na pré-temporada era entender as mudanças aerodinâmicas, sobretudo na parte traseira. E a Mercedes mostrou ter um carro muito nervoso e imprevisível. Definitivamente, não foi uma pré-temporada. Caberá aos engenheiros tentar mudar alguma coisa antes do início da temporada.

Cabe lembrar que os treinos livres serão mais curtos, então haverá muito menos tempo para testar os carros. Em contrapartida, a Red Bull foi muito bem, e os motores Honda, com Max Verstappen e Yuki Tsunoda, da AlphaTauri, fizeram 1-2 no Bahrein.

A Aston Martin também enfrentou muitos problemas, e Sebastian Vettel foi o piloto que menos andou dentre os titulares. Mercedes e Aston Martin com enormes dificuldades. Gomes observou também o bom desempenho da Alfa Romeo, a surpresa da pré-temporada, além de Tsunoda. Foram três dias andando muito bem. Aparentemente, as mudanças feitas para o novo carro, o C41, funcionaram.

Por fim, Gomes opina sobre o chamado ‘Sprint Qualifying’, formato teste de classificação que a Fórmula 1 vai colocar em prática em três corridas nesta temporada: nos GPs da Inglaterra, Itália e o GP de São Paulo, em Interlagos, se a pandemia permitir.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Tudo sobre o terceiro dia de pré-temporada da F1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube