Red Bull vitoriosa e Mercedes lanterna na quilometragem: os números dos testes da F1

Os números apontam a Red Bull como a grande vencedora dos testes de pré-temporada que a Fórmula 1 promoveu no Bahrein. Max Verstappen aferiu a melhor volta no último dia do fim de semana. A Mercedes foi a que menos andou, em contraste com Alfa Romeo e AlphaTauri

Como foi o terceiro e último da F1 em Sakhir (Vídeo: GRANDE PRÊMIO)

Os números são fundamentais para ser possível ter uma leitura mais clara do que foi a pré-temporada mais curta dos últimos tempos na Fórmula 1. Com apenas três dias de atividades de pista no último fim de semana no circuito de Sakhir, no Bahrein, 21 pilotos — sendo 20 titulares e mais o reserva Roy Nissany, da Williams — das dez equipes do grid tiveram um tempo escasso para fazer as primeiras e últimas avaliações dos respectivos novos carros antes do início do campeonato, daqui a duas semanas, também no traçado barenita.

Alguns pontos são claros. A Red Bull começou 2021 à frente da Mercedes, e isso se traduz não especificamente pelos tempos de volta aferidos ao longo dos últimos dias, sobretudo no domingo, quando Sergio Pérez foi o mais rápido pela manhã e Max Verstappen fechou a pré-temporada como dono do melhor tempo.

O fato é que os taurinos foram mais consistentes em ritmo de corrida, também em ritmo de classificação e não enfrentaram grandes problemas, enquanto a Mercedes foi a pior no quesito quilometragem, um contraste com o que se viu nos últimos anos, quando foi a equipe que mais andou nos testes da Fórmula 1. Além disso, o W12 E Performance mostrou aspectos de desequilíbrio externados pelos seus pilotos.

A Red Bull foi a grande vencedora da pré-temporada da Fórmula 1 no Bahrein (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Tudo sobre o terceiro dia de pré-temporada da F1

E a baixa quilometragem da equipe heptacampeã do mundo se torna ainda mais crítica em razão do tempo bastante restrito de testes em relação aos anos anteriores. Se em 2020 as equipes tiveram duas sessões de três dias de atividades de pista, desta vez tudo se resumiu a sexta-feira, sábado e o último domingo.

A Red Bull, se não foi nem de longe a equipe que mais percorreu voltas em Sakhir, não teve grandes problemas e trabalhou num cronograma próprio para entender a performance do RB16B, como o nome diz, uma evolução do carro da temporada passada. E os taurinos, liderados em seu projeto pelo mago da aerodinâmica Adrian Newey, parecem ter encontrado o caminho antes da rival.

Outrora campeã em quilometragem, a Mercedes foi a lanterna dos testes em Sakhir (Foto: Mercedes)
1ALPHATAURI422
1ALFA ROMEO422
3FERRARI404
4ALPINE396
5HAAS394
6WILLIAMS373
7RED BULL396
8McLAREN327
9ASTON MARTIN314
10MERCEDES304

Em termos de confiabilidade quanto aos novos carros, as ‘alfas’ largaram na frente em 2021. AlphaTauri e Alfa Romeo completaram um total de 422 voltas entre sexta-feira e domingo em Sakhir, o que totaliza 2.283,8 km, ou a distância equivalente a quase 7,5 GPs. Ponto positivo para as duas equipes, que praticamente não enfrentaram problemas na pré-temporada. O fato animador para os tifosi é que a Ferrari foi a terceira equipe que mais andou, tendo completado 404 voltas, o que mostra ao menos que a nova SF21 é bastante confiável.

A Alpine, novo nome da Renault, completou 396 voltas em Sakhir, contra 394 da Haas. A Williams, única a contar com um reserva na escalação para os testes, fez 373 giros. Só na sétima posição é que aparece a Red Bull, com 369 voltas no circuito barenita. A McLaren fez somente 327 voltas e só andou mais do que Aston Martin, com 314, e Mercedes, a lanterna, com 304.

Cabe lembrar que as duas equipes, Mercedes e Aston Martin, enfrentaram problemas no câmbio, o que foi determinante para uma quilometragem menor que as adversárias. Valtteri Bottas, na sexta, e Sebastian Vettel, no sábado, perderam praticamente toda a manhã. A Aston Martin também sofreu com problemas elétricos durante o turno de Lance Stroll no primeiro dia de testes.

Pierre Gasly mostrou que o novo AT02 é bastante confiável. O francês foi quem mais completou voltas no fim de semana (Foto: Red Bull Content Pool)

Entre os pilotos, Verstappen concluiu a pré-temporada com o melhor tempo, 1min28s960, registrado nos últimos minutos da noite do último domingo e com os compostos C4, de acordo com informações da Pirelli. A grande surpresa foi a presença de Yuki Tsunoda, um dos três novatos da temporada neste ano, ao colocar a AlphaTauri em segundo na tabela, mas usando os compostos C5. Também com C4, Sainz registrou 1min29s611 na sua primeira pré-temporada com a Ferrari e foi o terceiro. Kimi Räikkönen, dono do quarto melhor tempo dos testes, foi o segundo piloto que mais andou em Sakhir. O finlandês, decano da Fórmula 1, completou 229 voltas.

O campeão da quilometragem, em cenário que reflete a confiabilidade da AlphaTauri, foi Pierre Gasly, que percorreu 237 voltas em Sakhir. Também ficaram na casa das 200 voltas Nikita Mazepin, com 213, Charles Leclerc, com 212, Fernando Alonso, com 208, e Verstappen, com 203.

Dentre os titulares, Sebastian Vettel foi o que menos andou na pré-temporada (Foto: Aston Martin)

Na Mercedes, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas obtiveram números similares: o heptacampeão completou 154 voltas, contra 150 do finlandês. O que mais chama a atenção na tabela entre os pilotos é a baixíssima quilometragem obtida por Sebastian Vettel, novo piloto da Aston Martin: somente 117 voltas, tendo registrado seu melhor tempo com pneus protótipos de teste da Pirelli. O tetracampeão do mundo só terminou à frente de Nissany, reserva da Williams, único a andar menos de 100 giros em Sakhir.

Fórmula 1 2021, pré-temporada, Sakhir, tempos combinados, voltas, pneus e dia da melhor volta:

1M VERSTAPPENRed Bull Honda1:28.960 203C4D3
2Y TSUNODAAlphaTauri Honda1:29.053+0.093185C5D3
3C SAINZFerrari1:29.611+0.651192C4D3
4K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari1:29.766+0.806229C5D3
5L HAMILTONMercedes1:30.025+1.065154C5D3
6G RUSSELLWilliams Mercedes1:30.117+1.157158C5D3
7D RICCIARDOMcLaren Mercedes1:30.144+1.184173C4D3
8S PÉREZRed Bull Honda1:30.187+1.227166C4D3
9V BOTTASMercedes1:30.289+1.329150C5D2
10F ALONSOAlpine1:30.318+1.358208C4D3
11P GASLYAlphaTauri Honda1:30.413+1.453237C5D2
12L STROLLAston Martin Mercedes1:30.460+1.500197C5D2
13C LECLERCFerrari1:30.486+1.526212C3D3
14L NORRISMcLaren Mercedes1:30.586+1.626154C4D2
15A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari1:30.760+1.800193C5D2
16E OCONAlpine1:31.146+2.186190C4D1
17N MAZEPINHaas Ferrari1:31.531+2.571213C4D3
18N LATIFIWilliams Mercedes1:31.672+2.712132C4D2
19M SCHUMACHERHaas Ferrari1:32.053+3.093181C3D3
20S VETTELAston Martin Mercedes1:33.742+4.782117TD1
21R NISSANYWilliams Mercedes1:34.789+5.82983C3D1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube