GP às 10: Nem magia da Mercedes vai evitar que dê tudo errado durante 2021

A competência da Mercedes é óbvia e os acertos se sobrepõem aos erros, mas fins de semana como em Mônaco voltarão a acontecer. É o GP às 10

Verstappen assume liderança da F1 após vitória: assista aos melhores momentos do GP de Mônaco (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

As coisas deram flagrante e retumbantemente errado para a Mercedes no GP de Mônaco de 2021. A estratégia com Lewis Hamilton fracassou e a roda de Valtteri Bottas não queria sair de jeito nenhum. E não importa o quão especial seja a Mercedes e sua sequência de acertos e títulos, neste campeonato vai dar tudo errado em alguns momentos. A questão será como respondê-los. É o GP às 10 desta sexta-feira (28).

A opinião é de Pedro Henrique Marum. O jornalista parte do princípio que as falhas da Red Bull costumam ser acompanhadas da frase ‘A Mercedes não fará isso’ e variações. Mas não é verdade. Fará, sim. O campeonato será vencido por uma delas apesar de seus erros e azares e não por conseguir evitar a todos eles.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Até agora, a Mercedes acertou mais nas decisões que tomou durante suas corridas, mas Mônaco já é a segunda de cinco corridas onde erros e azares custaram caro. Em Ímola já fora assim. Num campeonato onde há batalha tão próxima entre as duas equipes, cada passo equivocado será tratado com lupa. É normal que seja assim.

Tentar se pegar na perfeição, nas ausência do erro, é o caminho para frustração. A Mercedes vai errar. As coisas vão naufragar. Tudo dará errado. O que importa mais que isso é controlar os danos e dar a volta por cima na semana seguinte. Próxima parada: Azerbaijão.

Assista, curta e compartilhe o GP às 10 de hoje:

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar