GP às 10: O que Pérez pode alcançar como piloto da Red Bull?

A questão sobre o que é que Sergio Pérez conseguirá fazer na Red Bull é uma das mais relevantes da Fórmula 1 2021. No GP às 10, Fernando Silva e Pedro Henrique Marum debatem

O que Sergio Pérez Mendoza vai poder fazer como piloto da Red Bull na Fórmula 1 em 2021? O mexicano foi salvo da fila do desemprego no fim da temporada passada ao ser anunciado como novo piloto da equipe dos energéticos, ocupando o lugar deixado por Alexander Albon.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Pérez visita fábrica e entra no carro da Red Bull pela primeira vez

Pérez conheceu na última terça-feira as instalações da sua nova casa, em Milton Keynes. O piloto de 30 anos (vai completar 31 em 26 de janeiro) se mostrou maravilhado com a estrutura que agora lhe é oferecida e entende que tem totais condições de dar um passo além na sua carreira.

‘Checo’ chamou a atenção por uma frase curiosa: “Ninguém antes me deu a chance de estar numa grande equipe”. Pérez, embora tenha defendido a McLaren, em 2013, chegou num momento em que a equipe britânica vivia um período de entressafra e não era mais tão competitiva como até um ano atrás.

Dessa vez, é diferente. Sem a perspectiva de grandes mudanças na ordem de forças da Fórmula 1 em razão das poucas alterações nos carros para 2021, é correto afirmar que a Red Bull segue sendo a segunda melhor equipe do grid. Sendo assim, o que Pérez vai poder alcançar na nova casa? Pódios com frequência? Voltar a vencer na Fórmula 1? Superar Max Verstappen e desafiar a Mercedes?

Eis uma das grandes questões que a temporada 2021 da Fórmula 1 vai responder.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube