Grupo norte-americano de investimento busca comprar equipe da F1 já para temporada 2016

De acordo com o site ‘F1i.com’, um grupo de investimento liderado pelos executivos Tavo Hellmund e James Carney pode fazer com que os Estados Unidos tenham uma segunda equipe no grid na próxima temporada. Segundo a publicação, a dupla tem como principal foco a compra da Manor para entrar na categoria já em 2016

A F1 pode ter não apenas uma, mas duas equipes norte-americanas no grid na próxima temporada. É o que diz o site ‘F1i.com’ nesta quarta-feira (15).

Segundo a publicação, um grupo de investimentos formado pelos executivos Tavo Hellmund e James Carney tem interesse em adquirir uma das atuais equipes da categoria e ingressar na disputa a partir de 2016. Por sua vez, Carney é oriundo de Nova York e atua como investidor em Wall Street.

A Haas, equipe de propriedade de Gene Haas e que ostenta um histórico vencedor na Nascar, já assegurou sua entrada na F1 para 2016 e terá parceria técnica com a Ferrari, além de contar com o suporte da italiana Dallara na construção do seu chassi.

Grupo norte-americano de investimentos planeja comprar equipe da F1. E o grande alvo é a Manor (Foto: Beto Issa)

Bilionário, Hellmund tem boa reputação na F1, uma vez que o texano de Austin foi o principal artífice da construção do Circuito das Américas, palco do GP dos Estados Unidos desde 2012.

Além disso, o executivo também foi o grande responsável por levar a categoria de volta ao México, acertando um contrato de cinco anos com Bernie Ecclestone, o todo-poderoso da F1.

Ainda de acordo com a publicação, o grande alvo de Carney e Hellmund para uma possível aquisição visando a próxima temporada é a Manor. O time britânico, de propriedade do irlandês Stephen Fitzpatrick, enfrentou muitas dificuldades para colocar seus carros no grid, mas vai aos poucos conseguindo patrocinadores aqui e ali. No entanto, a escuderia segue sendo a mais fraca da categoria e ainda não somou pontos em 2015.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube