Haas promove funcionários e anuncia De Zordo como novo diretor-técnico na F1 2024

A Haas segue em uma intensa reestruturação interna na Fórmula 1, em busca de melhores resultados. Depois de mudança na chefia, a equipe americana anunciou Andrea de Zordo como novo diretor-técnico

A Haas segue realizando promoções internas para sair da última colocação na temporada 2024 da Fórmula 1. Após alçar Ayao Komatsu ao cargo de chefe de equipe, ocupando o lugar deixado por Guenther Steiner, o time norte-americano anunciou seu então chefe de design, Andrea de Zordo, como novo diretor-técnico, e colocou Damien Brayshaw no recém-criado cargo de diretor de Performance.

O italiano substitui seu compatriota Simone Resta, que era emprestado pela Ferrari desde 2021 para ocupar esse cargo, enquanto Brayshaw deixa a liderança do Grupo de Performance do Carro, vaga que agora está em aberto na Haas.

Relacionadas


“Ele [Zordo] tem boa comunicação, ele é engajado e escuta as pessoas. Então, estou muito feliz com isso”, declarou. “Damien supervisionará e conduzirá a direção para as atualizações junto com o departamento aerodinâmico e todas as outras funções que analisam o carro em escala real, que é a engenharia de pista, o Grupo de Performance do Carro, o Grupo de Pneus e outros”, completou.

“Essa são as principais mudanças – estamos colocando todos a bordo, conversando juntos e fazendo parte da direção do navio”, prosseguiu o chefe da Haas.

Haas mostrou seu carro para a temporada 2024 da F1 (Foto: Haas)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Komatsu também anunciou que continuará fazendo promoções na Haas, que tem algumas posições-chave a definir antes da temporada começar. “Estamos contratando um novo chefe de design, mas eu acredito que temos bons candidatos internamente. Estou olhando essa promoção”, finalizou.

Haas saltou na frente das rivais e abriu a temporada de lançamentos dos carros da F1 2024. Nesta sexta-feira (2), o time americano mostrou ao mundo o VF-24, bólido que tenta tirar a equipe do fundo do grid da categoria.

De cara, o que mais chama a atenção é a predominância do preto comparada à pintura do ano passado — na verdade, a ausência dela, uma vez que o preto nada mais é do que a fibra de carbono, uma tendência que tem sido vista no grid da F1 por conta da necessidade de redução de peso.

A lateral do carro, contudo, traz linhas mais arredondadas na região do sidepod, similares ao que passou a ser frequente nas atualizações das demais equipes. A única ausência na modesta apresentação virtual foi da dupla de pilotos, Kevin Magnussen e Nico Hülkenberg, mantida para mais uma temporada.

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.