Hamilton chega à 33ª pole em Sepang, supera Mansell e se iguala a Clark e Prost: “É uma grande honra”

Lewis Hamilton cravou a 33ª pole da carreira na F1 e igualou Jim Clark e Alain Prost como o quarto piloto que mais vezes largou na frente


Com a pole-position conquistada neste sábado (29) em Sepang, Lewis Hamilton tornou-se o quarto piloto que mais vezes largou na posição de honra na história da F1.
 
O britânico cravou a pole de número 33, deixando para trás o compatriota Nigel Mansell e igualando as marcas de Jim Clark e Alain Prost. Na frente do inglês, somente o heptacampeão Michael Schumacher, que teve 68, Ayrton Senna, com 65, e o atual tetracampeão Sebastian Vettel, que já cravou 45.
 
Lewis Hamilton cumprimenta Vettel após treino classificatório (Foto: Getty Images)
Ao falar da importante marca atingida, Hamilton acabou se confundindo e trocou o nome de Clark duas vezes. “Estou muito orgulhoso em representar o Reino Unido e estar ao lado de nomes como Nigel Mansell e James Hunt, aliás, James Clark”, disse.

Após a declaração, o campeão mundial de 2008 foi corrigido por Vettel, que o alertou sobre o nome do escocês.

 
“Sim, claro, Jim Clark. Mas é uma grande honra. Quando me contaram, mal puder crer. Em todos estes anos, nunca sonhei que fosse alcançar este número de poles. Estou muito orgulhoso, mas isso só foi possível graças a um grupo incrível de pessoas trabalhando comigo e me dando um carro capaz”, falou.
 
Hamilton está disputando em terras malaias o seu 131º GP da carreira. O inglês tem, aproximadamente, uma média de uma pole a cada quatro corridas.

'TOP GEAR BARBADOS' com LEWIS HAMILTON e o GRANDE PRÊMIO

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube