Hamilton descarta medo de aposentadoria: “Existe muitos outros interesses”

Lewis Hamilton falou com naturalidade do momento de sua aposentadoria na Fórmula 1. Apesar de ainda não passar por sua cabeça a hora de deixar a categoria, reconheceu que não tem medo por carregar tantos outros interesses em sua vida

Lewis Hamilton não tem o menor medo de encarar sua aposentadoria das pistas. Apesar de ainda se ver com muita lenha para queimar, reconheceu que existe diversos outros interesses em sua vida pós-F1.
 
Atualmente, o inglês de 34 anos é o nome a ser batido na categoria. Com seis títulos e mais de 80 vitórias, tem feito com a Mercedes uma parceria de muito sucesso e que tem dominado a era dos motores híbridos.
 
Mas, naturalmente, uma hora sua aposentadoria vai bater na porta – já são 13 temporadas disputando no Mundial. Só que, apesar de não passar pela cabeça do #44 parar pelos próximos anos, a ideia igualmente não o assusta.
Lewis Hamilton (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

“Não tenho medo disso. Naturalmente para atletas, deve ser um dia muito triste, parar de fazer algo que você ama a sua vida inteira e por tanto tempo que se lembra. Mas é por isso que tenho tantas coisas que posso me apoiar”, falou em entrevista a ‘BBC’.
 

“Do lado da moda, por exemplo, encontrei outro negócio que posso fazer por muito tempo se tiver sucesso. Atualmente está indo muito, muito bem, mas não sei por quanto tempo. Mas ao menos tenho outro interesse”, seguiu.
 
“Há muitas outras coisas diferentes que posso me interessar. Sei que minha vida não vai acabar quando me aposentar e isso me dá muito conforto. Mas, no momento, me sinto bem fisicamente para continuar, então vou tentar manter isso o máximo possível”, concluiu.
 

Paddockast #42
QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube