F1

Hamilton diz que fim de sequência de vitórias na Áustria foi “doloroso” para Mercedes

Após o encerramento da sequência de 10 vitórias consecutivas da Mercedes na Fórmula 1, que vinha desde 2018, Lewis Hamilton afirmou que a equipe sentiu, sim, o fato de que não conseguiram triunfar. Mais do que o esperado, até

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Lewis Hamilton venceu as duas últimas corridas de 2018, e nas oito primeiras etapas desta temporada a Mercedes se manteve à frente dos rivais. Mas, no GP da Áustria do último domingo (30), a sequência foi encerrada por Max Verstappen - o último a ter vencido antes de tal sequência, no GP do México do último ano.

E para o atual bicampeão do mundo, se engana quem achou que a equipe alemã aceitou tranquilamente uma derrota em meio aos tantos triunfos. Nada disso.

"Não estávamos sendo complacentes, isso não nos ajuda", disse ele ao ser questionado se a Mercedes simplesmente aceitava o fato de sempre vencer.

"A gente sabia que seria difícil. Sabíamos que o final de semana seria complicado para nós e, por isso, foi provavelmente ainda mais doloroso para nós", seguiu.
Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP



Dessas 10 vitórias seguidas, ele foi responsável por oito: "Não fomos complacentes, de maneira alguma. Os caras trabalharam muito, muito. Foi apenas um dia daqueles", finalizou.

De qualquer forma, Hamilton segue liderando a F1 em 2019 com facilidade: 197 pontos, contra 166 de Valtteri Bottas e 126 de Verstappen. 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.