Hamilton encara treinos com cautela e espera por pista seca em Suzuka para “entender carro” e também por fãs

Lewis Hamilton disse que encarou com cautela os treinos livres desta sexta-feira (25), que foram disputados debaixo de muita chuva em Suzuka. Agora, o inglês torce por pista seca, para conseguir “entender o carro”

Lewis Hamilton admitiu que encarou a sexta-feira (25) de treinos livres em Suzuka com extrema cautela. Isso por conta da chuva que se fez presente praticamente o tempo todo durante as primeiras atividades da F1 para o GP do Japão. O inglês não chegou a figurar na primeira posição em nenhuma das sessões e fechou o dia com o terceiro melhor tempo, 1min48s853, mais de 0s5 atrás de Daniil Kvyat, o líder do TL2.
 
“Estava muito molhado, aquaplanando”, disse Hamilton aos jornalistas logo depois da segunda sessão japonesa. “No ano passado, fizemos tudo no seco e choveu no domingo. Hoje, você não quer correr riscos, não quer bater, quebrar o câmbio”, completou.
Lewis Hamilton (Foto: AP)
Lewis ainda reconheceu que não pode tirar qualquer conclusão sobre a performance da Mercedes. "Não temos ideia do que pensar. Hoje, não conseguimos tirar nada nessas condições, não entendemos nada. Amanhã, espero que o tempo melhore e que os treinos aconteçam com pista seca. E aí teremos muito trabalho e teremos como entender o carro", acrescentou.
 
Hamilton ainda pensou nos fãs, que compareceram em grande número nesta sexta-feira nas arquibancadas do autódromo nipônico. "Se estiver seco, e eu espero que esteja… Hoje foi uma pena para os fãs. Tanta gente veio, e nós só ficamos sentados sem entrar na pista", encerrou.
 
A previsão não aponta chuva para o sábado, dia de mais um treino livre e da classificação, a sessão que vai definir o grid de largada para a etapa japonesa.
VIU ESSA? PILOTOS DA RED BULL PASSAM VERGONHA EM LUTA DE SUMÔ

determinarTipoPlayer(“15620931”, “2”, “0”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube