Hamilton reconhece “desafio de manter carro na pista” em Portugal e se queixa de pneus

Ainda que a Mercedes tenha liderado as duas sessões de treinos livres nesta sexta-feira (30), em Portimão, Lewis Hamilton declarou que teve problemas na pista portuguesa e alertou para o desempenho de seu rival Max Verstappen, que ficou em segundo lugar

Lewis Hamilton liderou a sexta-feira de treinos em Portugal: veja os melhores momentos (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

O primeiro dia de treinos livres do GP de Portugal, realizado nessa sexta-feira (30), foi muito proveitoso para a Mercedes, que liderou as duas sessões. Enquanto Valtteri Bottas virou 1min19s648 na sua volta mais rápida e deixou Max Verstappen para trás por apenas 0s025 na manhã portuguesa, Lewis Hamilton liderou à tarde ao registrar sua melhor passagem em 1min19s837, com pneus macios, também deixando o holandês para a segunda posição.

Foi a primeira vez na temporada de 2021 que Hamilton finalizou um treino livre na primeira posição, o que não inibe o fato de o britânico ter tido dificuldades na pista portuguesa. “Acho que todo mundo lutou com o equilíbrio hoje. Portanto, é difícil dizer se é o carro, o vento ou a pista. Definitivamente foi um desafio manter o carro na pista.”

LEWIS HAMILTON; GP DE PORTUGAL; TREINO LIVRE 1; PORTIMÃO; MERCEDES;
Lewis Hamilton foi o mais rápido do TL2 do GP de Portugal (Foto: Steve Etherington/Mercedes)

Hamilton ainda acrescentou que a escolha de pneus não foi muito favorável para a corrida. Mesmo com o ótimo desempenho nos setores 1 e 2, onde conseguiu suas melhores parciais, a escolha por compostos mais duros foi um erro, segundo o piloto da Mercedes.

“Parece que viemos aqui no ano passado e os pneus eram muito duros e voltamos hoje aqui com praticamente os mesmos pneus ou ainda mais duros. Chegamos com um composto muito duro, na minha opinião, deveria estar na faixa intermediária, mas vamos superar isso”, explicou o heptacampeão.

Hamilton ressaltou ainda que sua apresentação não foi perfeita, há “um ritmo ainda a ser encontrado”. Ele acrescentou que não sabe como foi a volta de Verstappen, mas tem certeza que “amanhã será ainda mais próxima” para a disputa da pole.

“Acho que vai ser difícil”, disse ele. “Parece que estávamos próximos. Não sei como foi a volta de Max. A minha não foi perfeita. Definitivamente, ainda temos algum tempo para algumas melhorias serem feitas”, disse.

Após duas corridas em 2021, o dono do carro #44 é líder do campeonato, com 44 pontos. Verstappen aparece na cola com 43. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP de Portugal neste fim de semana  AO VIVO EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube