Hamilton reconhece melhor forma de Rosberg, mas prevê ritmo de corrida melhor no circuito do México

Lewis Hamilton viu escapar pelos dedos a sua 50ª pole-position na carreira como piloto de F1. Para chegar à histórica marca, o britânico terá de esperar pelo GP do Brasil. Mas o tricampeão do mundo acredita em um desempenho melhor na corrida e deposita sua confiança no acerto feito em sua Mercedes visando a prova

#GALERIA(5496)

Não foi desta vez que Lewis Hamilton conquistou sua 50ª pole-position na carreira como piloto de F1. É bem verdade que o tricampeão do mundo mostrou um bom desempenho na classificação do GP do México, na tarde deste sábado (31), sobretudo no Q2, quando marcou o melhor tempo no Autódromo Hermanos Rodríguez. Mas no Q3, quem levou a melhor foi Nico Rosberg, que garantiu a quarta pole consecutiva na temporada.  
 
A Hamilton, restou reconhecer o melhor desempenho do companheiro de equipe, que liderou dois dos três treinos livres do fim de semana no México e comprovou a boa performance também na sessão classificatória.
Lewis Hamilton acredita que terá um ritmo de corrida melhor em relação à classificação no México (Foto: Mercedes)
“Neste fim de semana, o Nico foi rápido”, admitiu Lewis durante entrevista coletiva logo após a classificação neste sábado. “Houve um ou outro momento em que o carro pareceu espetacular, mas temos ainda o que acertar”, declarou.
 
A confiança de Hamilton está em ter um melhor ritmo de corrida em relação ao seu companheiro de equipe. Assim como aconteceu nas três últimas provas, quando Rosberg largou na pole, o alemão foi superado por Lewis, que venceu em Suzuka, Sóchi e, por fim, em Austin.
 
“Tentei acertos diferentes no fim de semana, pode não ter sido o melhor para a classificação, mas vai ser para a corrida”, afirmou o novo tricampeão mundial de F1.
 
Sobre o erro cometido no fim do Q3, Hamilton justificou, mas deixou claro que não ficou chateado por largar em segundo. “Eu estava tirando tudo o que podia do equilíbrio de carro que tinha. A segunda posição é uma boa posição, pensando que OK, podia estar em primeiro, mas não é tão ruim assim.”
 
“Eu estou me sentindo bem. Nico e eu temos uma grande diferença de acerto para amanhã, vai ser interessante ver como isso influencia. Tenho feito boas corridas recentemente e estou animado”, finalizou.

A largada para o GP do México será dada amanhã às 17h (de Brasília), e o GRANDE PRÊMIO acompanha a prova AO VIVO e em TEMPO REAL.

VIU ESSA? HAMILTON SOBE NO RINGUE E VIRA LUTADOR NO MÉXICO

determinarTipoPlayer(“15660050”, “2”, “0”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube