F1

Hamilton revela o que ouviu de Vettel em abraço após penta: “Preciso de você lutando comigo ano que vem”

Uma cena chamou atenção de quem acompanhava as entrevistas feitas por David Coulthard logo após o GP do México: Sebastian Vettel pediu licença e foi cumprimentar Lewis Hamilton, que havia acabado de conquistar o título. E o britânico, depois da festa, revelou o que ouviu do alemão
Warm Up, da Cidade do México / FELIPE NORONHA, de São Paulo / EVELYN GUIMARÃES, do Hermanos Rodríguez
 Lewis Hamilton e Sebastian Vettel (Foto: AFP)
Talvez o momento mais marcante da comemoração do pentacampeonato de Lewis Hamilton, conquistado no último domingo (28) com a quarta colocação no GP do México, tenha sido um abraço.

É que dentre os tantos que deu em membros da Mercedes, um foi diferente: o de Sebastian Vettel, o vice.
Sebastian Vettel e Lewis Hamilton (Foto: Reprodução)
A cena foi bastante elogiada pelo público instantaneamente - e, depois, Vetttel também foi aos boxes da Mercedes cumprimentar a equipe do campeão do mundo.

Mas um mistério seguiu: o que teria dito o alemão ao rival que acabara de derrotá-lo na bu8sca pela glória máxima da F1?

Hamilton, em entrevista após a corrida mexicana, revelou: "Ele veio a mim e o que disse foi: 'Não diminua seu ritmo. Preciso de você aqui lutando comigo ano que vem."
Lewis Hamilton (Foto: AFP)
"Respeito muito isso, naturalmente. Acho que, do meu lado, eu agradeço a ele por ter sido um competidor tão forte neste ano. Acontece tão rápido que eu não lembro tudo que disse, mas o que importa é que foi um grande gesto desportivo e de respeito entre nós, como acho que ocorreu durante todo o ano", continuou Hamilton.

"Então, acho que é muito bom termos múltiplos campeões do mundo, dois competidores que precisam disputar entre si. Foi um ano duro. Ele lutou tão bem este ano e sei que ele pilotou de forma fantástica hoje (domingo), sei que ele virá com força  total e que eu... Bom, eu preciso me manter com os pés no chão e ter certeza que eu continue bem no futuro", completou.
Lewis Hamilton (Foto: AFP)
O #44 ainda falou sobre como considera Vettel um grande competidor: "Ele merece os quatro títulos mundiais que tem."

"Neste ano a pressão estava com a Ferrari, que não ganha um título há muitos, muitos anos. É muito para carregar nos ombros. Mesmo com as dificuldades ele lutou, como hoje, e é isso que mostra uma verdadeiro campeão", elogiou Hamilton.

"Tenho muita sorte em correr contra tantos pilotos e é muito pouco o que nos separa. E isso que é fantástico sobre este esporte", finalizou o penta.