Hamilton vê Ferrari “impressionante” em Spa, mas conta com reação “aos poucos”

A velocidade de reta da Ferrari fez Lewis Hamilton aceitar que a Mercedes tem trabalho pela frente em Spa-Francorchamps. O britânico se vê na briga pela vitória, mas prega foco em cortar a vantagem alheia “aos poucos”

Lewis Hamilton não contava com uma Ferrari tão rápida em retas assim nesta sexta-feira (30) em Spa-Francorchamps. O piloto britânico, que diz estar perdendo 1s para os rivais só no primeiro setor, terminou os treinos livres com a sensação de que trabalho precisa ser feito para sonhar com pole e vitória. A boa notícia é que Lewis vê a Mercedes de buscar a diferença, nem que seja de pouquinho em pouquinho.
 
O dia de Hamilton começou a dar errado ainda no TL1. Um problema no acelerador custou muito tempo de pista e ainda dificultou a busca por um acerto adequado para o TL2.
 
“Claro, não foi um bom começo para nós no TL1, quando tivemos um problema com o acelerador e eu perdi potência”, disse Hamilton. “Eu estava com os giros do motor baixos, tentando recuperar. Consegui consertar ao mudar alguns acertos no volante. Quando voltamos [à pista], tivemos outro problema e tudo ficou meio bagunçado. Tive algumas voltas no fim, mas nada espetacular”, seguiu.
Lewis Hamilton quer buscar a distância para a Ferrari "aos poucos" (Foto: AFP)

“Fizemos algumas mudanças. Mudamos porque o acerto estava um pouco errado no TL2. Fiquei com uma sensação bem melhor, mas ainda temos muito trabalho por fazer. Não sei dizer sobre as diferenças. A Ferrari parece bem rápida, são quase 1s mais rápidos em linha reta chegando na curva 5. Isso foi impressionante, mas a gente vai tirando aos poucos. Nós estamos claramente na briga, o que é bom”, destacou.

 
Hamilton teve o quarto melhor tempo da sexta-feira, 0s8 atrás do registro de Charles Leclerc, melhor do dia. Isso, entretanto, não muda o fato de que Lewis recomeça a temporada 2019 da F1 com liderança tranquila no Mundial de Pilotos. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube