F1

Hamilton vê problemas com equilíbrio do carro e espera “batalha difícil” em classificação apertada no Bahrein

Lewis Hamilton fechou a sexta-feira com o terceiro melhor tempo, mas distante 0s6 da melhor Ferrari, de Sebastian Vettel. O pentacampeão do mundo acredita que a definição do grid de largada no Bahrein vai ser mais parelha, mas com a Ferrari mais forte do que a Mercedes

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré

Resultado de imagem para emoji microfonePaddockast #12: Quem sobrevive a 'Drive to Survive'?



Resultado de imagem para icon itunes Ouça pelo iTunes 
Resultado de imagem para icon spotify Ouça pelo Spotify



Em um cenário oposto ao que foi visto no fim de semana do GP da Austrália, a Mercedes ficou bem atrás da Ferrari na abertura dos trabalhos de pista no Bahrein nesta sexta-feira (29). No primeiro treino livre, realizado no período da tarde, Charles Leclerc foi o mais rápido e enfiou quase 1s para a Mercedes melhor colocada, de Valtteri Bottas. À noite, no mesmo horário da classificação e da corrida em Sakhir, Sebastian Vettel registrou o melhor tempo do dia com 1min28s846. Leclerc ficou 0s035 atrás, enquanto a melhor Mercedes foi a do pentacampeão Lewis Hamilton.
 
O britânico anotou 1min29s449 na melhor das suas 33 voltas à noite e ficou na terceira colocação, mas distante 0s603 do tempo de Vettel. Um começo inesperado para a Mercedes, que acreditam em um sábado mais parelho, mas de uma grande batalha com uma Ferrari que se mostra muito mais forte no momento.
Lewis Hamilton enfrentou uma jornada complicada nesta sexta-feira no Bahrein (Foto: AFP)
“Trabalho duro lá fora para todos nós”, descreveu Hamilton pouco depois da segunda sessão no Bahrein. 
 
“O primeiro treino foi incrivelmente quente, a pista estava com 50ºC, então todo mundo sofreu muito com os pneus. As Ferrari foram rápidas desde o início e foram ganhando ritmo a partir de então, então isso é completamente diferente do que nós vimos em Melbourne”, complementou o pentacampeão.
 
“Tivemos alguns problemas com o equilíbrio do carro, mas conseguimos fazer melhorias para o segundo treino”, explicou Lewis, que no treino da tarde no Bahrein ficou em quarto, 1s247 atrás do tempo registrado por Leclerc.
 
Hamilton acredita que vai ser possível equilibrar um pouco mais o jogo na batalha contra a Ferrari no sábado, apostando em uma disputa mais parelha pela pole-position.
 
“No momento, parece que as Ferrari estão à frente, então temos de continuar focados, seguir trabalhando, analisar as coisas hoje à noite e tentar voltar mais fortes amanhã. Acho que, quando chegarmos à classificação, tudo vai ficar um pouquinho mais apertado, mas vai ser uma batalha difícil”, concluiu.
 
A F1 volta à pista no sábado, a partir das 9h (horário de Brasília), com o terceiro treino livre, enquanto a classificação está marcada para 12h (também horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP do Bahrein. Siga tudo aqui.