Hamilton, Vettel e Ricciardo figuram em top-100 dos atletas mais bem pagos do mundo

Pilotos da Fórmula 1 foram os únicos do esporte a motor que marcaram presença na lista feita pela revista 'Forbes'. O tenista Roger Federer apareceu como o mais bem pago do mundo no último ano

A revista ‘Forbes’ divulgou a lista dos atletas mais bem pagos dos últimos 12 meses. Três pilotos, todos da Fórmula 1, apareceram entre os 100 esportistas que mais tiveram ganhos no último – Lewis Hamilton, Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo.  

Hamilton, da Mercedes, apareceu na 13ª posição do ranking, com ganhos de US$ 54 milhões – aproximadamente R$ 288 milhões –, sendo US$ 42 milhões oriundos de seu contrato com a Mercedes e mais US$ 12 milhões em patrocínios com empresas como Boss, Puma, Vodafone e Sony.  

Em seu último ano pela Ferrari, Vettel aparece como o 32º atleta mais bem pago do mundo, com rendimentos de US$ 36,3 milhões – aproximadamente R$ 194 milhões –, mas apenas US$ 300 mil foram de patrocinadores, mostrando que quase toda a renda do piloto alemão é de seu contrato com a Ferrari.

Daniel Ricciardo foi a novidade na lista dos atletas mais bem pagos do mundo (Foto: Renault)

A novidade da lista foi o australiano Daniel Ricciardo. Por conta de seu contrato milionário com a Renault para a disputa das temporadas 2019 e 2020, ele aparece na 48ª colocação do ranking, com ganhos de US$ 29 milhões – cerca de R$ 154 milhões –, sendo US$ 27 milhões por conta do contrato com a montadora francesa e mais US$ 2 milhões em contratos com patrocinadores como Amazon e Puma.  

Neste ano, Ricciardo já anunciou que correrá pela McLaren na temporada 2021. No contrato, ele receberá € 10 milhões – cerca de R$ 124 milhões – de salário por ano, valor inferior ao que recebe atualmente na Renault. Entretanto, o contrato aponta um bônus por ponto conquistado que pode chegar a mais € 31 milhões (ou R$ 193,5 milhões) por temporada.  

A liderança do ranking é do tenista Roger Federer, com ganhos de US$ 106,3 milhões. O suíço foi o primeiro a ultrapassar a marca de US$ 100 milhões em contratos esportivos com patrocinadores. Dois brasileiros, ambos jogadores de futebol, aparecem na lista da ‘Forbes’: Neymar (PSG), na quarta posição, e Oscar (Shanghai SIPG) no 56º lugar.  

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube