Honda acha que ainda é cedo e diz que não tem planos para fornecer motor para outras equipes na F1

A Honda descartou interesse em fornecer motor para uma segunda equipe na F1, apesar dos rumores que a ligam a uma possível associação com a Manor Marussia, que atualmente usa as unidades de energia da Ferrari

A Honda minimizou os planos para ampliar o fornecimento de motores para uma segunda equipe na F1, apesar dos rumores que apontam para um eventual acordo com a Manor Marussia, visando a temporada 2016.

Atualmente, a equipe inglesa utiliza as unidades de energia de 2014 da Ferrari. Na última colocação da tabela, o time de Will Stevens e Roberto Merhi ainda corre com uma espécie de versão B do carro do ano passado, mas deixou em aberto na semana passada a questão sobre as opções de motor para o próximo ano.

Diretor da Honda, Yasuhisa Arai fala sobre os projetos da fornecedora (Foto: Getty Images)

Yasuhisa Arai, o diretor de competições da Honda, tem outra visão, entretanto. O dirigente se manteve cauteloso e disse que, no momento, realmente não há interesse em firmar parceria com outras equipes. A marca prefere concentrar os esforços no atual acordo com a Mclaren.

"É uma boa ideia, mas não temos nenhum plano desse tipo agora", afirmou Arai.

A McLaren também apoia a decisão da fabricante japonesa. Para Éric Boullier, o projeto ainda "não está maduro o suficiente" para buscar um segundo time. "Nós concordamos com Arai. Acho que ainda temos muito trabalho pela frente antes de pensar em uma distração para ter outra equipe", declarou o francês.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube